Qualcomm anuncia compra da holandesa NXP por US$ 47 bilhões

Por Redação | 27 de Outubro de 2016 às 11h23

A Qualcomm anunciou nesta quinta-feira, 27, a aquisição da NXP, fabricante holandesa de semicondutores, por US$ 47 bilhões, ou US$ 110 por ação, com o objetivo de acelerar a expansão em novas indústrias e reduzir a sua dependência do mercado de smartphones.

O negócio, que se consolida como o maior da história da indústria de chips, vai acelerar a entrada da Qualcomm no crescente mercado de eletrônicos em carros. Isso porque a NXP é forte neste segmento, depois de comprar, no ano passado, a norte-americana Freescale, por US$ 12 bilhões, o que resultou na criação de uma fabricante dedicada a chips no mercado automotivo.

A compra é a resposta da Qualcomm para a desaceleração do crescimento da demanda por smartphones, de onde vem a maior parte de sua receita. As duas empresas, que terão uma receita combinada de mais de US$ 30 bilhões, terão produtos capazes de dominar as vendas em mercados avaliados em US$ 138 bilhões em 2020, como mobilidade, IoT e automotivo, segundo prevê a própria Qualcomm, que também espera economizar US$ 500 milhões em custos anuais, após dois anos de concluir a compra.

A estimativa da NXP é de alcançar receita de US$ 9,48 bilhões, neste ano, em média com as estimativas de analistas, a partir de dados compilados pela Bloomberg. Ainda que o valor seja menor que a metade do que a Qualcomm deve relatar, de US$ 23,2 bilhões, a empresa holandesa cresceu cerca de 11% ao longo dos últimos três anos, enquanto as vendas da fabricante de chips americana caiu 5% em 2015.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!