Nvidia pode ser a aposta do SoftBank para venda da ARM

Por Wagner Wakka | 01 de Agosto de 2020 às 15h00
Gadgets to Use
Tudo sobre

Nvidia

Saiba tudo sobre Nvidia

Ver mais

A fabricante estadunidense Nvidia pode comprar a companhia britânica de chips ARM Holdings, que pertence ao grupo oriental SoftBank. O conglomerado japonês tem se mostrado interessado em vender o setor para levantar capital, de acordo com reportagens recentes. Agora, segundo os periódicos Telegraph e Financial Times, uma oferta foi feita à Nvidia.

De acordo com Financial Times, as negociações giram em torno de US$ 32 bilhões. Fontes disseram ao Telegraph que, embora as conversas estejam em andamento, não é possível saber se a Nvidia vai levar a transação adiante.

A principal preocupação da empresa é que a ARM Holdings tem seus concorrentes como clientes. Logo, a compra poderia dificultar relações comerciais com grupos importantes, a exemplo da Apple, Samsung e Qualcomm — a entrada nesse setor poderia criar uma rivalidade que diminuiria sua receita.

Por que vender? 

No começo de julho, o Wall Street Journal lançou uma reportagem que levantou o rumor de venda da ARM Holdings. De acordo com o veículo, a Softbank quer equilibrar as perdas de seu fundo de investimentos Vision Fund, principalmente por conta da oferta pública do WeWork. Na época, falava-se na intenção de levantar US$ 41 bilhões com isso, muito acima dos supostos US$ 32 oferecidos à Nvidia.

Atualmente, a ARM Holdings ganhou os holofotes quando a Apple decidiu abandonar a Intel para fabricar seus próprios chips, usando arquitetura ARM. Ambas as companhias, contudo, não anunciaram oficialmente o negócio nem suas intenções.

Fonte: Telegraph, Financial Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.