Na surdina, Oracle conduz rodada de demissões globais em vários departamentos

Por Rafael Arbulu | 22 de Março de 2019 às 08h54
Tudo sobre

Oracle

Saiba tudo sobre Oracle

Ver mais

A gigante Oracle, que oferece serviços tecnológicos a clientes B2B, vem promovendo séries de demissões de departamentos e áreas mais antigas para se concentrar no equilíbrio de recursos para suas divisões de cloud computing. Embora as demissões não tenham passado por aviso prévio, a empresa realizou desligamentos em caráter global.

Ao Business Insider, Deborah Hellinger, porta-voz da Oracle, disse que “conforme os nossos negócios na nuvem crescem, nós vamos continuamente equilibrar nossos recursos e reestruturar o nosso grupo de desenvolvimento a fim de assegurar que temos as pessoas certas entregando os melhores produtos em cloud para nossos clientes ao redor do mundo”.

Larry Ellison, CTO e fundador da Oracle: empresa promoveu demissões inesperadas recentemente, em caráter global

Sem o aviso prévio de demissões ou mesmo uma menção do assunto no último relatório fiscal da empresa, os agora ex-empregados levaram às redes sociais seus testemunhos, desabafos e experiências. Postando especificamente no site TheLayoff, um fórum dedicado a internautas recém-demitidos, diversas pessoas relatam cortes em várias áreas, incluindo engenheiros que já estavam em equipes voltadas ao setor de cloud da Oracle.

Uma pessoa cita 43 pessoas desligadas do quartel-general da empresa no Vale do Silício, ao passo que outra fala em 32 engenheiros demitidos globalmente do time de infraestrutura. Estes engenheiros supostamente estariam trabalhando em uma versão antiga da plataforma cloud da empresa, chamada internamente de “OCI Classic”. Posições como marketing e comunicações internas tiveram, segundo outros internautas, cerca de 50 demissões em todo o mundo.

Outros ex-funcionários disseram no TheLayoff terem recebido um e-mail ressaltando resultados financeiros acima do esperado pela Oracle, salientando o quanto a empresa “ia bem”, o que aponta um contraste com as demissões que se sucederam. Entretanto, dado o caráter de anonimato do fórum, a veracidade dessas informações não pode ser checada.

A Oracle não ofereceu mais comentários.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.