Mudança na Apple afeta mercado de aplicativos

Por Colaborador externo | 12 de Dezembro de 2017 às 11h17
TUDO SOBRE

Apple

* Por André Rodrigues, CEO da Moblee

O setor de aplicativos recebeu com apreensão a nova diretriz da Apple que restringe os apps compatíveis com a App Store. A partir de agora, soluções white-label não serão mais aceitas. Os produtos desenvolvidos nesse modelo têm uma base de código única, mas permitem uma série de customização, preservando o branding da organização que o contrata. Sendo assim, empresas que vendem aplicativos para diferentes clientes - como restaurantes, eventos e lojas -  não poderão mais programar uma solução para cada marca.

A saída para os negócios baseados no fornecimento de produtos white-label são os chamados app container, um único aplicativo que abriga várias marcas, como o iFood - vários restaurantes compilados dentro de uma única solução. A consequência natural da nova resolução será a diminuição do número de apps no mercado. O usuário que antes baixava um aplicativo a cada evento que comparecia, por exemplo, agora terá na palma da mão um único app com encontros variados.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Na prática, todas as empresas que trabalhavam com white-label mudarão o formato de entrega dos seus produtos, uma vez que não vale a pena desenvolver dois modelos para cada cliente - um para App Store e outro para o Google Play. A Apple justificou a decisão como uma forma de melhorar a curadoria da sua loja de aplicativos, diminuindo o número de soluções disponíveis e aumentando a qualidade delas.

A mudança traz vantagens para os usuários uma vez que melhora a usabilidade dos aplicativos. Com a facilidade de não precisar baixar um app diferente toda vez que comparecer em um evento, por exemplo, o número de pessoas que utilizam este tipo de solução tende a aumentar.

O futuro sempre reservou mudanças para o setor de aplicativos. O comportamento dos consumidores muda assim como as diretrizes das lojas de apps. A adaptação é necessária para se manter ativo e forte neste mercado. Ao olhar pra frente, cada vez mais agentes impactarão na forma como os aplicativos são feitos e funcionam. Por isso, o segredo para o sucesso é não ter medo de se reprogramar.

* André Rodrigues é CEO da Moblee

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.