Meg Whitman renuncia ao cargo de CEO da HP Enterprise

Por Redação | 22 de Novembro de 2017 às 10h02
A Tall Order
Tudo sobre

HP

Meg Whitman não será mais a CEO da Hewlett Packard Enterprise (HPE), segundo informações divulgadas nesta terça-feira (21).

Em seis anos de função, acompanhando altos e baixos da companhia, Whitman se tornou uma das mulheres mais poderosas no cenário corporativo dos Estados Unidos, destacando -se, ainda, como candidata à governadora da Califórnia.

A executiva também participou da divisão da HP em duas empresas: HP Inc, focada na produção de materiais de informática, e a Hewlett-Packard Enterprise (HPE), divisão responsável pelos serviços de computação destinados a clientes corporativos, na qual decidiu permanecer.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Whitman será substituída pelo engenheiro de computação Antonio Neri, que trabalha na empresa há quase 25 anos e que, atualmente, se destaca como presidente da HPE.

"Temos uma empresa muito menor, muito mais nítida e focada. Eu acredito que firmemente que é a hora certa para que Antonio e uma nova geração de líderes tomem as rédeas", discursou a executiva.

Neri também deve se juntar a Whitman no conselho de administração da companhia.

Reinado

Whitman ganhou destaque no mercado após ocupar a posição de CEO do eBay, que se tornou uma empresa gigante do comércio online durante a liderança da executiva.

A história de reinado de Whitman também conta com a Uber, empresa na qual foi investidora. Ela também ajudou a companhia em momentos conturbados de transições no início deste ano.

Na época, rumores circularam sobre Whitman se tornar CEO da empresa de transportes, mas o caso foi desmentido.

Política

Ao ser questionada sobre se manter na política, Whitman disse que não planeja se candidatar a um cargo governamental, como a presidência dos Estados Unidos.

"Eu permaneço ativa na política, contribuindo para candidatos de ambos os lados do corredor, com quem eu concordo em questões fundamentais. Mas fora disso, eu não tenho planos de me envolver diretamente", revelou.

A renúncia de Whitman fez com que as ações da HPE caíssem em mais de 6% em poucas horas.

Fonte: CNBC, Gadgets 360

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.