Jan Koum, co-fundador do WhatsApp, já vendeu US$ 2,8 bi em ações do Facebook

Por Redação | 26.08.2016 às 22:36

Jan Koum, co-fundador do WhatsApp, tem feito vendas de ações do Facebook em um ritmo constante e pré-determinado. De acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira (26), o executivo, que vendeu o mensageiro para Mark Zuckerberg em 2014, já negociou mais de 22 milhões de ações desde o início deste ano, totalizando cerca de US$ 2,8 bilhões.

Na época da compra, o Facebook concordou em adquirir o WhatsApp por US$ 19 bilhões em ações, mas em outubro, quando o negócio foi fechado, o preço havia subido para US$ 22 bilhões, graças ao aumento do preço das ações da rede social de Zuckerberg. Koum, que possuía cerca de 45% do aplicativo de mensagens, arrecadou aproximadamente US$ 10 bilhões na negociação.

Além do valor oriundo da transação, Koum também ganhou um assento no conselho do Facebook. Segundo estimativas dos especialistas, no final de 2015 Koum possuía mais de 60 milhões de ações ordinárias, bem como outras 19 milhões de unidades de ações restritas, que servem como incentivo para que o executivo permaneça na companhia pelo menos até novembro de 2018.

Diante dos números, percebe-se que Koum vendeu cerca de um terço da sua participação atual no Facebook apenas neste ano. Procurados pela imprensa internacional, representantes da rede social se recusaram a comentar o assunto.

Fonte: Business Insider