Insatisfeita? Apple compra startup que pode melhorar fotografias do iPhone

Por Felipe Ribeiro | 13 de Dezembro de 2019 às 14h15
Canaltech
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

A Apple adquiriu Spectral Edge, uma startup do Reino Unido que desenvolve tecnologia com base em machine learning (ou aprendizado de máquina) para melhorar a fotografia de smartphones. A ferramenta trabalhada por essa empresa torna as fotos mais nítidas e com cores mais precisas, sobretudo quando uma imagem é capturada por infravermelho e fundida com uma foto padrão. Embora a Maçã ainda não tenha feito o anúncio oficial, o pessoal da Bloomberg crava a informação.

"O Spectral Edge combina a tecnologia patenteada Image Fusion com o Deep Learning para revelar mais cor, detalhes e clareza em qualquer imagem", explicou a empresa, em comunicado. Essa fala da startup vai ao encontro do que a própria Apple já tem buscado nas câmeras dos novos iPhones, já que foram introduzidos este ano o Smart HDR e o Deep Fusion.

Essa movimentação indica claramente que a Maçã está incomodada com os avanços das concorrentes no quesito câmera, principalmente as chinesas Xiaomi e Huawei, com seus sensores ultra potentes e modernos.

iPhone 11 tem boas câmeras, mas a Apple não parece satisfeita

Negócio fechado?

Como citamos acima, a Apple ainda não confirmou a aquisição, mas a Bloomberg cita vários documentos que indicam que a Maçã agora controla a Spectral. Esses papeis também indicam que o advogado corporativo da gigante de Cupertino, Peter Denwood, foi nomeado diretor da Spectral, enquanto “outros conselheiros e membros do conselho foram demitidos”.

Não se sabe quanto a Apple pagou pelo Spectral Edge, mas é de conhecimento de todos que a startup levantou mais de US$ 5 milhões em financiamentos recentemente. Com essa compra, a Maçã completa o ano de 2019 com mais uma aquisição relevante. Em fevereiro, por exemplo, a empresa adquiriu a DataTiger, uma startup de marketing digital e, depois, a Drive.ai, especialista em carros autônomos.

Até maio, segundo o CEO da Maçã, Tim Cook, perto de 25 startups havia sido adquiridas.

Fonte: 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.