Huawei pode voltar a fazer negócios com os Estados Unidos em agosto

Por Rafael Rodrigues da Silva | 15 de Julho de 2019 às 20h00
TechCrunch
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

Tudo indica que o rolo entre a Huawei e o governo dos Estados Unidos pode ser resolvido mais rápido do que se imaginava: de acordo com uma fonte do governo Trump, que prefere manter sua identidade em sigilo, já a partir de agosto a empresa chinesa deverá ser liberada para voltar a fechar negócios com as companhias estadunidenses.

Em junho, o presidente Trump anunciou durante um encontro do G-20 que permitiria que a Huawei voltasse a negociar com as empresas do país, mas até então o governo ainda não havia se movimentado para quebrar o bloqueio.

De acordo com o que a fonte da Casa Branca confirmou à agência de notícias Reuters, o processo de aprovação para que as empresas do país voltem a negociar com a Huawei já está em andamento e deverá demorar entre duas e quatro semanas para que seja finalizado, por isso é bem provável que a liberação ocorra apenas no mês de agosto.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda que a fonte não tenha entrado em detalhes sobre o que são esses documentos que estão sendo processados, tudo indica que essas são as tais “licenças especiais” que o Departamento de Comércio dos Estados Unidos anunciou na semana passada, dizendo que iria emitir tais licenças para qualquer empresa do país que tivesse interesse de fazer negócios com a marca chinesa.

Já representantes da Huawei afirmam que a emissão de de licenças especiais ainda não é o suficiente, e o correto seria que o governo dos Estados Unidos retirasse o nome da empresa de sua “lista negra”, já que não foi encontrada nenhuma prova de que seus equipamentos são uma ameaça à segurança do país.

Fonte: GSM Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.