Huawei já vendeu mais smartphones em 2019 do que em 2018

Por Felipe Ribeiro | 23 de Outubro de 2019 às 12h27
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

A Huawei anunciou nesta quarta-feira (23) que já vendeu 200 milhões de smartphones em 2019. O feito foi alcançado 64 dias antes do que em 2018, o que indica que, apesar de todos os problemas decorrentes da guerra comercial entre China e Estados Unnidos, a gigante segue firme, com desempenho pujante. O crescimento também pode ser explicado pelo alto número de novidades, como os lançamentos de topos de linha como as linhas P30 e Mate 30 (incluindo versões 5G), além de novos aparelhos de sua marca de entrada, a Honor.

É sempre bom lembrar que a guerra comercial implica em alterações nos dispositivos. Os Mate 30, por exemplo, não contam com os serviços do Google, como o sistema operacional Android e demais aplicativos da gigante das buscas. Muito embora isso já ocorra na China, é um golpe duro em mercados como a Europa e restante da Ásia.

Os telefones já lançados, por sua vez, não sofrem com isso, apenas os vindouros. Ou seja: apesar do bom desempenho nas vendas, é bom a fabricante chinesa começar a "se coçar".

Atualmente, a Huawei é a segunda maior fabricante de smartphones do mundo em termos de aparelhos enviados às lojas, [bem] à frente da Apple, mas [bem] atrás da Samsung. Quando a empresa anunciou os 200 milhões de smartphones vendidos em 2018, o sentimento era de que a ultrapassagem em cima da Samsung aconteceria já em 2019. Mas, ao que parece, mesmo com este bom desempenho, isso não será possível.

Fonte: Venture Beat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.