Executivo do Uber explica como empresa construiu um negócio global

Por Redação | 25 de Novembro de 2015 às 08h34

O Uber tornou-se um nome conhecido no mercado de transportes, mas esta não foi uma tarefa fácil. A startup começou discretamente em São Francisco, Califórnia, e aos poucos se espalhou para outras cidades ao redor do globo graças a um plano metódico de expansão.

Emil Michael, o vice-presidente sênior de negócios da Uber Technologies, concedeu uma entrevista ao TechCrunch e falou um pouco sobre como a empresa evolui de um status de azarão para se tornar líder de mercado. Para o executivo, as parcerias foram fundamentais na construção do negócio.

Michael disse que o Uber fez acordos com grandes fabricantes de automóveis, fornecedores de empréstimos e distribuidores de combustíveis. O executivo acredita que mesmo as empresas de tecnologia precisam construir relacionamentos, pois um dia elas podem precisar de parcerias para acelerar o seu negócio e até mesmo levá-las para novos territórios.

Falando mais especificamente sobre o projeto de expansão para a China, Michael disse que “na China, você precisa ganhar impulso para ir mais longe”. Ele explicou que é importante ter chineses em sua empresa para interagir com o governo e explicar para os demais os meandros da cultura empresarial local. O parceiro da Uber na China é o Baidu, uma das três gigantes da Internet na região, depois da Tencent e Alibaba.

O Uber ficou hospedado em sua terra natal, São Francisco, durante um ano antes de se lançar em seu segundo mercado, Nova Iorque. Depois da expansão para a Big Apple, a empresa demorou mais nove meses até fazer um novo movimento para um terceiro mercado. Esta abordagem foi premeditada e, de acordo com Michael, o foco era fazer com que o serviço funcionasse perfeitamente nos locais onde já estava rodando. Para ajudar a contratar funcionários e planejar os próximos lançamentos em outros mercados, uma espécie de cartilha foi criada e seguida à risca pela companhia.

Fonte: TechCrunch

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.