Elon Musk teria negado parceria entre Tesla e Uber

Por Redação | 18 de Maio de 2017 às 18h34

A coisa não anda muito boa para a Uber, ultimamente. Aqui no Brasil, a companhia segue enfrentando problemas envolvendo brigas com taxistas e reclamações de usuários, que, após a popularização do UberPOOL, vem relatando nas redes sociais problemas com motoristas despreparados e, até mesmo, assédios e assaltos. Na “gringa”, a companhia foi acusada de espionagem industrial pela Waymo, e a Lyft (sua principal concorrente) decidiu se unir à Waymo (da Alphabet) para embarcar na tendência dos veículos autônomos.

Agora, a Uber recebeu um balde de água fria em seus planos de firmar uma parceria com a Tesla, que produz carros elétricos. De acordo com informações da Bloomberg, Travis Kalanick (CEO da Uber) teria pensado nessa parceria depois de ver sua empresa tomar um prejuízo gigantesco no mercado chinês, e estaria interessado na companhia de Elon Musk para que, juntas, produzissem carros autônomos. No entanto, o CEO da Tesla teria, pessoalmente, vetado a ideia.

Essas informações e muito mais fazem parte do livro “Wild Ride”, do editor executivo da revista Fortune, Adam Lashinsky. O editor lançou um livro no passado sobre a Apple, que trouxe ao público muitas informações relevantes sobre os bastidores dos negócios da companhia. Sendo assim, podemos imaginar que a “fofoca” sobre a parceria não concretizada entre a Uber e a Tesla seja verdadeira.

Fonte: Bloomberg

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.