Dificuldades de produção da Tesla se estendem aos negócios de telhas solares

Por Eduardo Hayashi | 08 de Agosto de 2018 às 13h32
TUDO SOBRE

Tesla

Notícias e relatórios que falam sobre todo o processo conturbado de produção dos automóveis elétricos Model 3, da Tesla, não são nenhuma novidade, em casos que culminaram nos constantes adiamentos do lançamento do novo modelo de carro "acessível" da montadora liderada por Elon Musk. No entanto, informações mais recentes informam que a empresa vem sofrendo dificuldades técnicas semelhantes em outra divisão.

De acordo com a Reuters, que entrevistou diversos funcionários antigos e atuais da Tesla, a empresa está tendo dificuldades na linha de montagem do "Solar Roof", projeto que envovolve o uso de telhas especiais, que além de servirem terem o mesmo visual de um telhado convencional, o sistema viabilizará a captação e a geração de energia solar nas residências.

Uma das fontes apontou como as principais causas os esperados desafios técnicos de desenvolvimento, bem como as constantes exigências estéticas de Elon Musk para o modelo final do produto. Tais adversidades na produção das "telhas solares" teriam também culminado em um atrito entre a Tesla e a Panasonic, atualmente a principal fornecedora de células fotovoltaicas da companhia, sendo estes componentes essenciais para a produção de equipamentos de geração de energia solar.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Tesla enfrenta problemas na produção do Solar Roof (Imagem: Stringer/Reuters)

Apesar de não haver dados a respeito dos números de produção da "Solar Roof", os atrasos na confecção foram tão numerosos que a Panasonic teria sido "forçada" a negociar a venda de suas peças para outras companhias. Segundo um ex-funcionário da Panasonic, a empresa está enviando "grandes volumes" de suas células fotovoltaicas e amostras a outros possíveis compradores, justamente por causa da baixa demanda da Tesla.

Procurada pela Reuters para o esclarecimento deste assunto, a Panasonic se negou emitir qualquer comentário, dizendo apenas que "acredita que a Tesla utilizará as células da Panasonic assim que a comercialização em massa do teto solar for iniciada", ainda que sem revelar quando isso ocorrerá.

Em uma reunião com investidores na semana passada, Musk afirmou que o "Solar Roof" já havia sido implantado em "centenas" de residências. Porém, a própria Tesla informou mais tarde à Reuters que a estimativa dada por Musk considerava sistemas parcialmente instalados ou programados para instalação, e não as casas que realmente estavam com a tecnologia totalmente operacional.

Além destes desafios, a Tesla também está sendo pressionada por legisladores locais, que apoiaram a iniciativa com verbas significativas e incentivo sob a promessa de que a empresa gerará mais de 1.460 oportunidades de emprego na cidade de Buffalo, onde está localizada a fábrica da "Solar Roof", além da exigência de que a companhia invista US$ 5 bilhões na região nos próximos 10 anos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.