Mashable realiza demissão em massa da equipe editorial

Por Redação | 07 de Abril de 2016 às 17h20
photo_camera Divulgação

O editor executivo do portal Mashable, Jim Roberts, foi demitido nesta quinta-feira (7). Junto dele, ao menos uma dúzia de profissionais da equipe editorial também foram dispensados. As mudanças no site fazem parte de uma "reorganização estratégica", de acordo com o portal CNN Money.

As demissões acontecem uma semana depois que o Mashable recebeu US$ 15 milhões (cerca de R$ 55 milhões) em financiamento para criar uma divisão de conteúdos em vídeo em parceria com a Turner Broadcasting, empresa dona de canais como CNN, Cartoon Network, entre outros.

O fundador do Mashable, Pete Cashmore, escreveu um memorando para a equipe do site no qual ele diz que o portal atualmente está capacitado para contar histórias em vídeo e texto, mas que agora o conteúdo publicitário está como centro das ofertas de anúncios do site. "Para refletir essas mudanças, nós devemos organizar nossos times de maneira diferente. Infelizmente, isso nos leva a uma decisão muito difícil. Hoje, devemos dar adeus a alguns de nossos colegas para que possamos focar melhor nossos esforços futuros", disse Cashmore no documento.

Duas fontes internas disseram à CNN Money que em uma reunião de pessoal, o chefe de operações do Mashable, Mike Kriak, contou à equipe que o site deverá parar de trabalhar com "notícias mais quentes" e seguir implementando novos conteúdos voltados para "cultura de entretenimento digital". Dois novos cargos foram adicionados à hierarquia da empresa: chefe de conteúdo, que fica nas mãos de Greg Gittrich, e chefe de revendas, cargo dado para Ed Wise, da Turner.

O investimento de US$ 15 milhões será utilizado para criar vídeos em parceria com os canais TBS e TNT, que também servirão como distribuidores do material em diferentes plataformas. Para essas operações, o chefe de criação da Turner, Kevin Reilly, também deverá se juntar a equipe do Mashable.

As decisões sobre os cortes foram anunciadas no final da manhã desta quinta-feira, quando os demitidos receberam um convite via e-mail para comparecer a uma reunião de última hora. Ao que tudo indica, todos os funcionários foram pegos de surpresa.

Fonte: CNN Money

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.