Clientes brasileiros já estão fazendo implementação de Dynamics 365

Por Rafael Romer | 04 de Novembro de 2016 às 16h48
photo_camera Reprodução

A Microsoft começou oficialmente nesta semana a disponibilizar para clientes o Dynamics 365, plataforma sucessora de sua antiga ferramenta CRM Dynamics, anunciada no mês passado pela empresa.

A companhia de Redmond ainda não abre nomes de clientes que estão fazendo a migração para o serviço no Brasil, mas de acordo com Fábio Azevedo, diretor responsável pela solução no país, as primeiras implementações da versão localizada da plataforma já estão em curso por aqui. Globalmente, companhias como a Michelin já estão com o sistema em produção.

O Dynamics 365 é a aposta da Microsoft para tentar ganhar espaço entre empresas que desejam promover a transformação digital em seus ambientes, trazendo uma série de melhoras em áreas como analytics e machine learning baseada na Cortana para otimizar processos de clientes.

A plataforma é formada por seis aplicações diferentes – Marketing, Serviços de Campo, Operações, Serviço de Atendimento ao Cliente, Vendas e Automação de Projetos –, que podem ser compradas individualmente ou em um pacote.

No Brasil, a empresa está oferecendo as aplicações em modelo de subscrição, com preços a partir de US$ 95 por aplicação por usuário completo – essa licença também pode ser estendida para outros "membros de equipe" pelo custo de US$ 10 por usuário extra. As seis aplicações podem ainda ser adquiridas em conjunto pelo valor de US$ 115 por usuários completo, com a mesma possibilidade de adicionar outros "membros de equipe" por US$ 10 cada. Além disso, quando maior o volume da venda, menor será o preço por licença das aplicações.

O Dynamics 365 também se conectará naturalmente com outras plataformas da empresa, como o Office 365, o recém-anunciado Microsoft Teams e a suite de inteligência artificial Cortana. Através da loja de apps AppSource, clientes terão ainda acesso a mais de 100 aplicativos de outros desenvolvedores para demandas específicas – como o popular Sales Navigator, do Linked In.

Segundo Azevedo, setores como o de contact center já estão entre os interessados nas atualizações do Dynamics 365 no Brasil. A empresa também vê possibilidades de implementação na área governamental, principalmente após o recente anúncio do Governo Federal que deixará de lado soluções de código aberto para a adoção de softwares da Microsoft.

A empresa já tem alguns casos de uso do antigo CRM Dynamics em órgãos públicos, como a implementação de uma Central de Atendimento da Prefeitura de Sorocaba baseada no sistema, o que pode abrir a possibilidade de novas vendas para o setor.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.