Ações da Oi sobem após venda da base de assinantes de TV paga para a Sky

Ações da Oi sobem após venda da base de assinantes de TV paga para a Sky

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 29 de Abril de 2022 às 17h20
Jeshoots/Pexels

A Oi acertou nesta quinta-feira (28) a transferência de sua base de clientes pós-pagos de TV por assinatura via satélite para a Sky Brasil. O negócio é parte do plano de recuperação da operadora, que faliu e vendeu sua operação móvel ao trio de teles Claro, TIM e Vivo em 2020. O negócio foi finalmente aprovado neste mês.

A venda de clientes da TV por satélite ocorreu por R$ 20 milhões, um valor considerado "simbólico" por se tratar de área deficitária da companhia e com um passivo contratual bilionário combinado a um fornecedor de sinal. Para se ter uma ideia, a compra da operação de celular da Oi envolveu R$ 15,97 bilhões, o que incluiu infraestrutura, espectro e clientes da empresa.

Além de receber os consumidores de TV da Oi, a Sky vai contratar a empresa para prestar serviços de IPTV — TV pela internet, via fibra ótica. A Sky cuidará dos custos da distribuição de conteúdo neste formato. Após o acordo, as ações da Oi subiram 1,25%, chegando a R$ 0,81 na B3, a Bolsa de Valores brasileira.

A venda de clientes de TV por assinatura da Oi à Sky ocorreu por R$ 20 milhões (Imagem: Divulgação/Oi)

O acordo assinado nesta semana traz as bases do contrato final. A conclusão da operação ainda depende da obtenção da autorização do juízo da recuperação judicial da Oi, para a transferência da Base DTH e a obtenção de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

De acordo com o site Telesíntese, a Oi não divulgou o que acontecerá com os clientes pré-pagos, que pagam pelos canais por um tempo determinado pelo valor da recarga; e livres, que não assinam mas compraram um aparelho para ter acesso ao sinal das TVs abertas. Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a Oi tem 3 milhões de clientes DTH, incluindo os da modalidade livre, e 1,8 milhão de clientes pré-pagos. Já a Sky tem 4,3 milhões de assinantes.

Fonte: Telesíntese, Investing.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.