SAP apresenta nova solução de Big Data para análise de dados no futebol

Por Rafael Romer | 13.02.2014 às 09:30 - atualizado em 13.02.2014 às 10:04
photo_camera FIFA

A SAP apresentou nesta quarta-feira (12) sua nova solução de Big Data voltada para o setor esportivo durante a realização do SAP Fórum, em São Paulo. A solução é considerada o terceiro pilar de atuação da empresa na área de esportes, focada na melhora de performance de jogadores em campo.

Já utilizada por equipes europeias, como o time alemão TSG 1899 Hoffenheim, da Bundesliga, a solução consiste em um série de sensores que podem ser anexados aos jogadores e ao gramado. Durante o treino, os sensores podem captar informações como velocidade, batimento cardíaco, posição que mais ocupa no campo, entre outros dados de rendimento.

"Os chips enviam informações através de antenas que ficam nos refletores dos estádios para a plataforma SAP Hana, que analisa e devolve a informação para o pessoal de gestão do time", afirmou o Head de Inovação do SAP Labs, Daniel Duarte, em entrevista ao Canaltech.

A ideia é que clubes sejam capazes de extrair valor das informações coletadas, que podem ser compiladas na forma de visualizações em 3D em tempo real.

SAP

Solução é demonstrada durante SAP Fórum, em São Paulo (Foto: Divulgação)

O executivo reconhece que a soluçao ainda pode demorar um tempo antes de chegar aos campos, dada a resistência da FIFA em autorizar esse tipo de tecnologia nos jogos. Entretanto, times brasileiros já se reuniram com a SAP nesta semana e mostraram interesse na aquisição da solução para seus centros de treinamento. A empresa, no entanto, não revela quais os potenciais clientes.

Dentro do setor de esportes, a SAP opera sobre dois outros pilares, além da solução apresentada hoje. A primeira, gestão de arenas esportivas baseada em um ERP SAP, que envolve áreas como contabilidade, venda de ingressos, administração de alimentação e planos de manutenção. Nesse modelo, a SAP trabalha atualmente com equipes da Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) e a liga de basquete NBA. Em novembro do ano passado, a empresa alemã fechou seu primeiro contrato para gestão no Brasil, com o Palmeiras.

O segundo pilar consiste em soluções voltadas para os torcedores presentes na arena, que podem fornecer capacidades de segunda tela, contando com informações em tempo real sobre a partida através de um login que o usuário pode fazer ao entrar no perímetro de rede do estádio.

Em março de 2013, a SAP definiu uma nova estratégia que passou a considerar o setor de esportes e entretenimento como uma nova vertical de negócios da empresa, englobando operações como eventos esportivos, shows e festivais. Atualmente, a SAP opera com outras 24 verticais. A empresa afirma que ainda não fechou números sobre o que o setor representa atualmente para a SAP, mas já demonstra que deve atuar com força nesta vertical nos próximos anos.

"Ela é de importância extrema para a SAP. O compromisso da vertical começou com o CEO da SAP, que tem relacionamento próximo com clubes norte-americanos como o New York Yankees e o San Francisco 49ers, da NFL", conta Duarte. "Agora ele cascateou isso para cada uma das regiões da SAP para trazer isso para os esportes locais".