Netflix aumenta receita e quer investir mais em séries próprias e stand-up

Por Redação | 23 de Julho de 2013 às 11h01
photo_camera The Next Web

O Netflix divulgou nesta segunda-feira (22) os resultados para o segundo trimestre de 2013, fechando com receita total de US$ 1,069 bilhão (R$ 2,3 bilhões) apresentando um aumento considerável em comparação à receita de US$ 889 milhões (R$ 1,9 bilhão) registrada no mesmo período do ano passado. O lucro da companhia também passou de US$ 16 milhões (R$ 35,7 milhões) no segundo trimestre de 2012 para US$ 57 milhões (R$ 127 milhões) neste ano.

Nos Estados Unidos, a base de usuários do serviço de streaming se aproxima de 30 milhões, e conta com outros 8 milhões de usuários espalhados pelo mundo. Somente no segundo trimestre foram registrados 630 mil novos usuários, aumento em comparação aos 540 mil novos usuários no mesmo trimestre de 2012. Em contrapartida, o número de novos usuários ficou abaixo do registrado no primeiro trimestre deste ano, com 2 milhões de novas contas cadastradas no Netflix.

Aqui no Brasil, o aumento da mensalidade, que passou a custar R$ 16,90, não prejudicou a empresa e a base de novos assinantes que continua em expansão. O novo valor da assinatura do Netflix passará a valer para os usuários antigos do serviço em agosto deste ano.

A empresa afirmou em comunicado enviado aos seus acionistas que, seguindo o sucesso de suas produções originais, tem planos para a produção de documentários e também de séries de stand-up comedy. O Netflix informou também que quatro das suas séries originais, 'Lilyhammer', 'House of Cards', 'Hemlock Grove' e 'Orange is the New Black', ganharão uma segunda temporada e, por enquanto, uma nova temporada de 'Arrested Development' não está confirmada.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.