Innovative inicia plano de reestruturação para dobrar faturamento em um ano

Por Rafael Romer | 28.10.2014 às 11:30
photo_camera Divulgação

A empresa de consultoria em implantação de sistemas ERP Innovative anunciou um plano de reestruturação que terá como objetivo dobrar seu faturamento de R$ 50 milhões nos próximos 12 meses.

No centro da nova estratégia está a chegada de dois novos sócios à companhia, os executivos Rogério Brecha e Jenner Marques, ambos vindos da empresa de serviços de TI CPM Braxis, comprada pela francesa Capgemini em 2010.

Ao lado dos sócio-fundadores Milton Epelboin e Ivan Morais, os executivos irão liderar a atuação da empresa na especialização de seus serviços para dois mercados estratégicos: a indústria de transformação (como siderurgia e papel e celulose) e o setor de atuação tradicional da Innovative junto ao varejo. Além disso, a empresa também deverá dar atenção para os setores da manufatura e do agronegócio.

"É um projeto de consolidação, mas estamos focados na área de aplicações", explicou Rogério Brecha ao Canaltech. "A gente quer buscar a liderança nesse setor especificamente".

O foco da empresa será em sua expertise em projetos de manutenção de SAP, Mastersaf e Oracle, com um modelo de negócios baseado na manutenção da eficiência operacional, qualidade de serviços e capacitação e retenção de talentos. Para isso, a empresa já está conversando com os parceiros de tecnologia para o desenvolvimento de novas ofertas específicas para os mercados alvo.

Também para suportar o crescimento, a empresa passou por uma reestruturação interna que a dividiu em quatro unidades de negócio, cada uma com seus próprios objetivos e metas para os próximos meses.

Um processo de contratação está em curso para trazer especialistas dos setores estratégicos, com contratações também nas áreas de RH e financeiro que devem garantir que o crescimento esperado siga o planejamento estratégico.

A empresa não abre quanto foi investido para colocar o plano de reestruturação em movimento, mas Brecha afirma que investimentos em Capex e Opex já foram feitos pela empresa e prevê novas rodadas nos próximos meses.

Em novembro, a empresa deverá começar a operar com um novo escritório expandido em Porto Alegre (RS), região que é considerada estratégica para o plano da empresa. "É uma região que a gente vai investir fortemente não só na busca por clientes, mas também na identificação de demandas que a gente possa atender na região Sul", afirmou Brecha.

O executivo reconhece que o momento de desaceleração da economia do país está levando à uma compressão de gastos de TI por parte do mercado, mas acredita que a estrutura de preços da empresa, aliada à busca do mercado pela otimização de gastos, deverá alavancar a Innovative no seu objetivo.

"No nosso caso, vimos uma oportunidade de mercado para uma empresa de porte como a nossa, que tem uma estrutura leve de custos, mas é extremamente especializada em nichos e com profundidade", afirmou.