Confira 3 dicas para seu negócio não ser alvo de avaliações falsas na Internet

Por Redação

Por muitos anos, na era pré-Internet, uma das principais preocupações de empresas e grandes corporações era com o roubo de dados que pudessem levar a uma fraude financeira. Contudo, com a firmação da Internet como principal meio de comunicação e relacionamento, essa preocupação mudou e hoje esses negócios têm que lidar com um outro tipo de problema: aquele que afeta a reputação online de empresas em sites como Google, Yelp e Facebook.

Se antes os criminosos agiam com o intuito de roubar credenciais bancárias para atingir o âmago financeiro das empresas, agora eles recorrem a sites e serviços para criticá-las com análises falsas. O objetivo é criar desconfiança nas pessoas que buscam informações sobre os produtos ou serviços oferecidos pela companhia e, dessa forma, afetar o número de vendas feitas por ela.

Embora esse tipo de crime ainda não seja considerado como tal pela grande maioria dos usuários, a verdade é que 90% deles levam em consideração a opinião alheia na hora de fechar negócio ou adquirir um produto ou serviço de uma empresa. Essa porcentagem é ainda mais impressionante se levarmos em consideração a quantidade de usuários do Yelp que se cadastraram para escrever análises sobre os mais diversos tipos de serviço: 132 milhões. Adicione à conta a quantidade de acessos do Google e de usuários do Facebook e podemos ter uma noção de quão nocivas podem ser as recomendações falsas que os cibercriminosos vêm fazendo.

De acordo com o portal Enterpreneur, esse tipo de ação é feita principalmente pela concorrência, que chega a contratar cibercriminosos para automatizar ou criar bots que publicam críticas negativas sobre os concorrentes nos mais diversos serviços do tipo.

Se você e seu negócio sofrem ou já sofreram com esse tipo de problema no passado, aqui vão algumas dicas para reverter e evitá-lo no futuro:

1. Considere contratar um serviço de gerenciamento de reputação

Esse tipo de serviço já existe há bastante tempo, mas só era utilizado por grandes empresas que tinham poder financeiro para mantê-lo. Contudo, com o advento de novas tecnologias, os processos de controle foram automatizados e derrubaram o investimento necessário.

Hoje, esse tipo de serviço tem conquistado pequenos e médios negócios que se preocupam com sua imagem junto ao cliente/consumidor. Grande parte do trabalho é feito monitorando e analisando o comportamento dos usuários de redes sociais e sites como o Yelp. Uma vez percebida alguma anormalidade nas críticas ou dados apresentados pelo suposto consumidor, a equipe entra em ação para esclarecer as coisas e limpar o nome da companhia.

2. Marque presença nas redes sociais

Mesmo que não haja qualquer plano de atuação nas mídias sociais, a marca, companhia ou serviço deve se registrar nas principais redes sociais. Dessa forma ela não só garante a presença da marca no meio, como também impede que cibercriminosos ou usuários mal intencionados criem um perfil supostamente autêntico e comece a difamá-la.

3. Fique sempre de olho na sua reputação online

Embora a maioria dos serviços de recomendação ofereçam um ambiente seguro, os cibercriminosos conseguem driblá-lo e modificar vários dados sobre o negócio. Um dos alvos mais recentes foi o Google Maps e o seu sistema de verificação de identidade. Uma vez dentro, os cibercriminosos alteraram o horário de funcionamento de uma série de estabelecimentos, que relataram queda na frequência dos clientes e, consequentemente, nas vendas.

Se você perceber uma queda anormal nas suas vendas e não puder identificá-la com o ciclo do seu negócio, confira sua reputação online. Pode ser que alguém tenha publicado críticas negativas sobre o seu negócio ou até mesmo atualizado seus dados, como o horário de funcionamento, em sites como Yelp e Google Places.

E aqui vai uma dica adicional: não ignore o que as pessoas estão falando sobre seu negócio na Internet, mesmo que você seja um pequeno empreendedor. Assuma uma postura proativa, fique de olho na sua reputação online, monte um plano de atuação online e estratégias de marketing para manter e atrair novos consumidores.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.