Bitcoin é considerada pior moeda de 2014

Por Redação | 29 de Dezembro de 2014 às 16h06

O site Bloomberg View classificou a Bitcoin como a “pior moeda” de 2014, motivada, segundo o colunista Mark Gilbert, por um desempenho “catastrófico” neste ano e grande perda de valor.

O site faz um acompanhamento da cotação de 175 moedas em todo o mundo e a Bitcoin foi a que apresentou o pior desempenho com uma desvalorização de 56% durante 2014. No final de 2013 a moeda teve seu pico de valorização, sendo cotada a US$ 1.130, enquanto ela deve fechar 2014 valendo US$ 326.

No artigo, o colunista defende que o objetivo da Bitcoin é ser uma moeda segura para investidores que querem se ver livres do risco de confisco do governo ou desvalorização intervencionista. No entanto, entre os defeitos vistos para moeda virtual é que ela é a “preferida tanto de antigos lavadores de dinheiro como de picaretas modernos”.

O colunista defende que a Bitcoin não está morta, mas pode ter sido “mortalmente ferida” durante 2014. Para ele a condenação de Charlie Shrem que aconteceu no último dia 20 de dezembro é um dos fatores que complicam o investimento na moeda. Shrem é um dos líderes de movimentos pró-Bitcoin, vice-presidente da Fundação Bitcoin e executivo-chefe do canal de troca BitInstant. Ele foi condenado a dois anos de prisão acusado de transferências ilegais de dinheiro.

A segunda pior moeda em desempenho em 2014 foi a Grívnia ucraniana. A desvalorização aconteceu devido ao conflito entre Ucrânia e Rússia e mesmo o resgate internacional de US$ 17 bilhões não foi capaz de levar estabilidade ao país. O rublo russo também foi desvalorizado esse ano devido ao conflito. Surpreende que essas moedas, mesmo enfrentando crises políticas e econômicas, ainda estejam melhores avaliadas que a Bitcoin.

O melhor desempenho segundo o Bloomberg foi o xelim da Somália, que teve uma valorização de 55% durante este ano.

Um dos problemas para um melhor desempenho da Bitcoin é que a moeda continua sendo apoiada principalmente por hackers. Os apoiadores do modelo afirmam que ela tem grande potencial de transformação devido à plataforma usada, e ela seria mais independente de empresas e governos nacionais, ficando menos suscetível a mudanças com causas políticas, por exemplo.

Fonte: http://www.bloombergview.com/articles/2014-12-23/and-2014s-worst-currency-wasbitcoin

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.