7 dicas para um projeto de TV corporativa bem-sucedido

Por Colaborador externo

Por Douglas Pombo*

Seja para seus colaboradores ou clientes, a comunicação corporativa desempenha um papel estratégico nas empresas: informa, orienta, reforça a imagem e a reputação. Cada dia mais o papel do comunicador está próximo do gestor e a velocidade dos mercados cada vez mais competitivos, exige um alinhamento contínuo do propósito com seus pares.

A tecnologia tem um papel fundamental neste processo. Antes somente grandes empresas tinham recursos suficientes para investir em projetos de TV, onde o sinal era enviado via satélite (broadcast). O custo elevado da transmissão só se viabilizava quando estávamos almejando centenas ou milhares de locais.

A TV Corporativa via IP (internet protocol), um dos produtos de digital signage - mercado que somente no Brasil, país que vai sediar a primeira DSE South America que acontece em São Paulo entre 21 a 24 de julho, atinge 60% da população economicamente ativa -, veio para mudar esta equação. Além de viabilizar projetos bem mais modestos, esta tecnologia permite que cada aparelho de TV impacte sua audiência com informações segmentadas, qualificadas e em sincronia com aquele momento.

A dinâmica alcançada com este "novo" veículo de comunicação, permite que um diretor oriente em tempo real seu colaborador da operação, pulando muitos degraus hierárquicos, burocráticos e, às vezes, até ineficientes. Isto não significa que a TV Corporativa irá, a curto prazo, substituir os e-mails, intranet, jornal e demais ferramentas utilizadas neste complexo desafio de comunicar, mas sim complementá-los e permitir que a comunicação seja mais rápida, sucinta e eficaz.

Veja 7 dicas para começar o seu projeto de TV:

1- Identifique o público/setor que você quer comunicar através da sua TV. Onde se concentram, trafegam ou são obrigados a esperar.

2- Conte com profissionais qualificados e empresas experientes para auxiliá-lo. Como o velho ditado diz: "o barato sai caro!". Não acredite em propostas milagrosas. Os contratos com estes prestadores são de médio e longo prazos, é bom escolher bem para não ter surpresas no futuro. Pegue referências de outros clientes e procure prestadores que possam te orientar sobre o investimento em infraestrutura e conteúdo. O básico é composto por uma TV (de preferência profissional), um computador PC Player e conexão com internet.

3- Crie uma programação que esteja adequada ao tempo de atenção do colaborador. Por exemplo, se o canal for implementado no "cafezinho", você terá aproximadamente 5 minutos para transmitir as informações desejadas.

4- Crie conteúdos diretos e com significados completos. Em geral, este tipo de conteúdo tem de 10 a 30 segundos de duração, textos muito longos não serão lidos e irão comprometer a eficácia da comunicação. As vezes uma imagem diz mais do que muitas palavras.

5- Intercale conteúdos corporativos com informações de interesse pessoal dos colaboradores, como notícias, trânsito, previsão do tempo, etc.

6- Busque tecnologias que permitam a integração do seu canal com seus sistemas: conteúdos da intranet, métricas de produção, metas de vendas e demais informações relevantes, segmentados por interesse e departamento.

7- Dedique tempo necessário para manter o canal vivo. Opte por tecnologias que automatizem algumas tarefas e contribuam com uma operação semi assistida.

Sem dúvidas cada empresa possui infraestrutura, processos e ambientes distintos e não há como se criar um modelo fechado de comunicação. Ouvir os prestadores, envolver a equipe e se desvencilhar de velhos paradigmas, irá contribuir com a excelência e o sucesso do seu projeto.

*Douglas Pombo é CEO da Inviron Technologies S/A, empresa de tecnologia especializada em serviços de distribuição de conteúdo multiplataforma. O executivo faz parte do Comitê da Indústria DSE South America e irá dividir sua experiência e cases de sucesso durante a 1ª edição da feira dedicada exclusivamente a apresentar soluções inovadoras de sinalização digital e tecnologia interativa para o público, que acontece entre os dias 21 e 24 de julho no Pavilhão Anhembi, em São Paulo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.