Microsoft Edge continua perdendo usuários após fracasso do Internet Explorer

Por Redação | 04 de Julho de 2016 às 07h41

Lançado no primeiro semestre de 2015, o Microsoft Edge surgiu para substituir o defasado Internet Explorer como o browser principal dos computadores com Windows 10. Mas uma análise da Computer World mostrou que o novo navegador de Redmond não tem conseguido recuperar os usuários que, insatisfeitos, decidiram abandonar o IE e acabaram adotando concorrentes como seus navegadores preferidos.

Estima-se que, nos últimos doze meses, pelo menos 300 milhões de usuários desistiram de usar o antigo navegador da Microsoft, e o Edge também vem perdendo números, mesmo que a companhia tenha realizado testes que mostram que, das opções mais populares, o Edge é o navegador que menos consome a bateria do notebook do usuário. Atualmente, somados, os usuários do Internet Explorer que preferem o Edge como browser padrão representam 36,7% do mercado global, enquanto o Google Chrome está na liderança com 48,7% de participação de mercado - podendo atingir os 50% até o fim do ano.

O Firefox, da Mozilla, também tem visto seu número de usuários cair pouco a pouco, garantindo apenas 8% do mercado de navegadores pelo mundo, enquanto o Safari (da Apple) e o Opera permanecem com números bastante baixos se comparados com percentuais dos líderes do mercado.

Fonte: Computer World

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.