Microsoft vai bloquear sites que trazem anúncios maliciosos

Por Redação | 29 de Abril de 2015 às 13h52

Depois do Google, agora é a vez da Microsoft incrementar suas políticas de proteção aos usuários de seu navegador. A partir do dia 1º de junho, os usuários do Internet Explorer passam a estar mais seguros contra os anúncios falsos que podem aparecer online, solicitando atualizações de tecnologias como o Flash, ofertando ferramentas para deixar o computador mais rápido ou corrigir erros no sistema.

Quem utiliza com frequência sites de download ou trackers de torrent já está acostumado com a prática. Tais anúncios exibem imagens aparentemente reais, com o objetivo de ludibriar os usuários a clicarem nelas, acreditando serem janelas do próprio Windows. Na sequência, baixam e instalam todo tipo de malware, voltados desde a inserção indevida de anúncios até a espionagem de hábitos de navegação e roubo de dados sigilosos.

A atualização será gratuita e mandatória. Na sequência, os usuários do Internet Explorer receberão alertas claros sobre os sites que estão tentando acessar, informando-os se tratar de domínios maliciosos. Na mira, estão os serviços que fornecem esse tipo de solução, os anúncios que permitem o download direto de tais softwares ou aqueles que iniciam essa ação de forma automática.

Além disso, a Microsoft disse estar tomando atitudes contra serviços que coloquem anúncios de maneira a serem indistinguíveis de seu conteúdo regular. Essa é outra prática bastante utilizada não apenas para atrair cliques indevidos, mas também para a instalação de malwares como os já citados.

Como acontece nos avisos de segurança do Windows, o usuário terá a opção de seguir em frente por sua conta e risco, além de reportar à Microsoft sobre possíveis identificações indevidas, que serão avaliadas caso a caso. O prazo extenso também permite que administradores de sites legítimos adequem seus sistemas de forma a não serem catalogados de maneira errônea.

Fonte: Microsoft

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.