Chrome pode começar a bloquear pedidos de notificação enviados por sites

Chrome pode começar a bloquear pedidos de notificação enviados por sites

Por Rafael Arbulu | 26 de Agosto de 2019 às 10h10

Pedidos de notificação emitidos por sites estão, pouco a pouco, tomando o lugar de banners intrusivos na lista de coisas mais irritantes na navegação do usuário. Se tivermos sorte, porém, o Google Chrome pode passar a contar com recursos que permitirão silenciá-los por completo ou, quando tais solicitações forem intermitentes, reduzir a sua incidência na página visitada.

A possibilidade foi vista pelo pessoal do XDA-Developers, que encontrou novas funções adicionadas na URL “chrome://flags” na versão do navegador para Android.

A primeira nova função é a “#quiet-notification-prompts”, que, como indica o próprio nome, deve tornar os pop-ups de permissão de notificação menos intrusivas. Essa novidade só pode ser vista na versão para Android do navegador. O diálogo abaixo é uma versão traduzida do original em inglês:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Silenciar prompts de permissão de notificação
Habilita prompts menos intrusivos de permissão de notificação para tais pedidos. Quando um site pede para exibir notificações, a caixa de diálogo padrão é trocada por uma versão simplificada.
#quiet-notification-prompts

Chrome está testando função de bloqueio de notificações advindos de alguns sites

A diferença desse comando em relação aos outros é que, enquanto a maior parte das opções da página só tem duas opções (habilitado ou desabilitado), a função de notificações traz três níveis diferentes: a primeira fará com que o Chrome mande uma notificação própria em Push para o seu dispositivo, informando ter captado o pedido do site e lhe questionando o que deseja fazer. Já a segunda segue o mesmo padrão da primeira, mas a notificação enviada pelo Chrome é apenas um pop-up breve no topo da tela.

Já a terceira opção exibe um alerta na parte inferior do display do usuário, alertando que o Chrome capturou a tentativa de emissão do pedido e o bloqueou, efetivamente silenciando o site. Não está claro se as notificações enviadas pelo browser serão feitas apenas na primeira vez em que você acessa uma página, mas essa ideia faz mais sentido: do contrário, você estaria apenas trocando a notificação irritante do site, pela notificação irritante do navegador. Em todo caso, as três opções trarão um botão de gerenciamento, abrindo ao usuário um leque de opções de interação.

Novos recursos, caso sejam aprovados e lançados oficialmente, vão contemplar versões do navegador no Android e desktops

Na versão do navegador para desktops, as opções são menos variadas, mas também são bem menos intrusivas. O função é bastante similar a extensões como o AdBlock, ou seja, ao acessar uma página, um pequeno ícone de alerta será exibido na barra de endereços. Clicando nesse ícone, o usuário será alertado de que um pedido do site foi bloqueado automaticamente, mas abrindo a opção de criar uma exceção, caso esse seja o desejo do internauta.

Uma outra versão dessa função determina o bloqueio completo de pedidos simplesmente pelo volume de vezes que você os recusou manualmente. Escolheu a opção negativa duas ou três vezes em um determinado site? No quarto acesso, esse pop-up nem deve aparecer.

Como é o caso com todo recurso em testes do Google Chrome, as funções ainda não aparecem para todos os usuários e, para todos os efeitos, elas podem nem mesmo vir à luz: a Google pode simplesmente decidir por não continuar seu desenvolvimento. Se for o caso de elas serem lançadas oficialmente, é provável que tenhamos a opção de bloqueio de notificações de sites quando sair a versão 78 do navegador da empresa.

Fonte: XDA-Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.