Opera adquire SurfEasy para adicionar VPN e mais segurança aos seus navegadores

Por Redação | 20 de Março de 2015 às 07h14

A Opera Software, empresa norueguesa responsável por desenvolver o navegador Opera, adquiriu a SurfEasy, uma empresa especializada em serviços de VPN, que promete agregar mais segurança ao navegador.

A aquisição acontece num momento em que há não só uma crescente demanda entre os usuários por navegação mais rápida, fácil e barata, mas também mais privada e segura. E é justamente dentro desse contexto que a compra acontece.

A empresa canadense, fundada em 2011, trabalha para fornecer VPN segura para seus consumidores. A rede privada virtual trata-se de uma conexão estabelecida, normalmente, utilizando tecnologia de criptografia para manter seguros dados trafegados.

"Mais e mais usuários de internet estão começando a questionar se podem confiar na internet nos dias de hoje e estão ativamente à procura de soluções seguras para o seu telefone ou computador", disse Lars Boilesen, CEO da Opera Software, em Oslo. Isso deixa implícita a necessidade de investir em segurança de navegação, ainda mais quando questões sobre espionagem envolvendo a NSA e monitoração de dados para fins comerciais são colocadas em pauta.

Há outro ângulo em que a aquisição pode ser interessante para o Opera. Hoje, a empresa é notável por ter uma base forte de usuários internacionais (fora da Noruega e EUA). A companhia consegue um bom número de usuários em mercados em desenvolvimento, onde o uso de VPN é cada vez maior. Nesses mercados, os usuários estão atentos para se protegerem dos olhos curiosos de governos e para poderem acessar conteúdos privados de maneira particular. Certamente, adicionar um serviço de VPN irá ajudar o Opera a ganhar usuários e ter um crescimento mais expressivo no mercado.

Além disso, nos países em desenvolvimento, o Opera é parceiro, ao lado do Facebook e de outras empresas, do projeto Internet.org, que visa conseguir mais consumidores conectados em todo mundo.

De início, a Opera Software planeja manter os produtos e serviços do SurfEasy em funcionamento. Estes incluem aplicativos freemium para dispositivos equipados com Windows, Mac, Android e iOS.

SurfEasy

"A SurfEasy é uma marca reconhecida pelo consumidor e é um dos melhores serviços avaliados pelos clientes para proteção da privacidade online. Por isso, neste momento, os produtos da SurfEasy permanecerão vivos e inalterados", disse a Opera Software. "Como resultado do acordo, no entanto, a empresa irá passar a se chamar 'SurfEasy, uma companhia da Opera'".

A logo prazo, o plano será incorporar algumas das funcionalidades do SurfEasy em aplicações próprias do Opera, que incluem Opera Max em dispositivos móveis e o Opera Cost, além dos navegadores tradicionais da empresa. Ainda não há prazo para que a introdução da VPN do SurfEasy esteja disponível para navegadores Opera no mercado.

"Neste momento, não estamos especulando sobre o calendário de lançamentos futuros ou de que forma eles vão acontecer, mas estamos ansiosos para integrar esses produtos para expandir o portfólio do Opera", disse um porta-voz.

Os termos da compra não foram divulgados pela empresa, mas "tanto o Opera como o SurfEasy estão satisfeitos com o acordo", disse um porta-voz. Não é possível obter a quantidade geral de usuários do SurfEasy, no entanto, nos último 12 meses, a companhia conseguiu 6 milhões de novos consumidores.

"Ao longo dos últimos anos, o diálogo e conscientização em torno de questões de privacidade online aumentou dramaticamente. Agora estamos todos muito conscientes do quão vulnerável nossos dados são", disse Chris Houston, fundador e CEO do SurfEasy.

"Ao se juntar com o Opera, uma empresa global de internet com mais de 350 milhões de usuários, somos capazes de acelerar a nossa visão para dar aos usuários o acesso a aplicações simples que lhes permitem retomar o controle de sua privacidade online e da liberdade", conclui Houston.

Com informações do TechCrunch

Fonte: http://techcrunch.com/2015/03/19/opera-buys-surfeasy-to-add-secure-vpn-services-to-its-browser-software/?ncid=rss

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.