Mozilla lança app para Firefox que mostra quais empresas estão rastreando você

Por Redação | 03.11.2013 às 14:25
photo_camera Divulgação

Quanto mais a tecnologia evolui, mais a gente se pergunta: estamos caminhando para um mundo mega-monitorado, 24 horas por dia? Bom, os casos recentes de espionagem podem trazer um certo medo sobre como os governos e empresas lidam com as informações pessoais de milhões de usuários. E a Mozilla quer ajudá-los a saber quais dessas companhias podem estar monitorando suas atividades na internet.

O Lightbeam é um plug-in para o navegador Firefox que permite descobrir quais sites e serviços estão coletando dados do seu histórico de navegação através dos cookies – códigos invisíveis usados para rastrear seus passos na web. O aplicativo faz uma varredura das páginas que estão interligadas aos sites que queremos entrar e exibe todas essas conexões em mapas completos no melhor estilo "Missão Impossível". Se você acessar um site de negócios, por exemplo, seu computador se conecta não apenas a ele, mas sim com as páginas de todos que anunciam nesse site de notícias. Até mesmo as redes sociais associadas àquele endereço podem te rastrear também.

"Poucas pessoas reconhecem que as interações que elas têm online se expandem muito mais do que apenas aos sites que elas visitam todos os dias", diz Alex Fowler, que cuida da Política de Privacidade do Firefox.

Existem três modos diferentes de exibição. Nos "Gráficos" você visualiza em tempo real os serviços de terceiros que podem estar vasculhando informações ligadas ao que você compartilha nas redes sociais, acesso a sites de propaganda ou até rastreando seu histórico de rede. As empresas fazem uso dessa técnica pelos cookies para saber qual o melhor tipo de anúncio a ser exibido enquanto você navega na internet.

Há ainda os modos "Relógio", que mostra a hora que as organizações acessaram as páginas que você visitou, e "Listas", para você visualizar site por site com mais rapidez. Tudo o que é coletado pelo Lightbeam fica armazenado apenas no seu computador e os dados só são compartilhados se você quiser. Os itens também podem ser apagados e salvos no seu PC.

Os testes com o Lightbeam começaram em 2011. Segundo o The Next Web, a Mozilla afirma que o add-on deve receber novas melhorias com o tempo – os próprios usuários podem ajudar, já que a empresa disponibilizou o código aberto da extensão na íntegra para que outros desenvolvedores ajudem na construção do sistema.

Em todo caso, vale lembrar que o aplicativo não protege sua máquina de qualquer tipo de espionagem. O que ele faz é trazer informações em uma interface interativa sobre quem pode estar vigiando você. O download do Lightbeam pode ser feito pela loja de apps do Firefox.