IE perde mercado enquanto Chrome cresce em diferentes plataformas

Por Redação | 06 de Junho de 2014 às 15h20

A ascensão do Google Chrome como principal navegador na internet não é mais segredo há um bom tempo. No entanto, uma pesquisa recente da Adobe Digital Index, divulgada pelo site Business Insider, mostra como a situação pode ser ainda mais complicada para o seu principal concorrente, o Internet Explorer.

Em 2008, o Internet Explorer, da Microsoft, dominava o setor e parecia distante a mínima possibilidade de mudança, com o navegador comandando 90% do mercado nessa época. Seis anos depois, a drástica queda surpreende: atualmente o navegador é utilizado por 30,9% dos usuários, considerando o uso no desktop e nos dispositivos móveis, e fica em segundo lugar neste cenário geral. O Chrome está pouco à frente, com 31,8% – contando sua participação no Android – e pouco mais abaixo está o Safari, com 25%.

O problema maior do Explorer talvez esteja no uso em dispositivos móveis, devido ao crescimento expressivo do setor. Nessa área o Internet Explorer é usado em apenas 1,8% dos acessos, perdendo força em um mercado de ascensão significativa. Neste segmento quem domina com folga é o Safari, com 59,1% do público, seguido pelo Android, com 20,3%, e pelo Chrome, com 14,3%.

O Explorer, no entanto, ainda domina em um ambiente: o desktop. Neste cenário ele ainda é usado em 43,3% dos acessos, bem à frente do Chrome, que fica com 30,6% dessa parcela do mercado.

O Mozilla Firefox também estava presente no estudo. No uso em desktop ele aparece em 12,5% do mercado, no entanto ele não tem atuação relevante no cenário de celulares, o que faz que, no geral, ele seja usado em 8,7% dos acessos.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.