Google Chrome ganha novo protocolo e fica mais rápido

Por Redação | 10 de Fevereiro de 2015 às 18h22
Tudo sobre

Google

Desde 1999, a internet é baseada na versão 1.1 do protocolo HTTP. Mas a partir da versão 40 do Google Chrome, que será lançada nas próximas semanas, ela deve deixar de ser utilizada para gradualmente dar lugar ao HTTP/2, segundo o blog oficial do Chromium.

A principal diferença entre as versões é o foco na melhora de performance. Algumas ferramentas importantes, como o uso de multiplexação e compressão do cabeçalho, foram evoluídas do chamado SPDY, suportado desde a versão 6 do Chrome. O protocolo SPDY deve ser suportado até 2016 e será removido junto com o suporte das extensões TLS, NPN, trocadas pela ALPN. O Google aconselha que os desenvolvedores de servidores comecem desde já a trabalhar com o HTTP/2 e a ALPN.

Com isso, o Google Chrome se tornará o primeiro navegador importante a abrir mão da versão mais difundida do HTTP em favor da nova, que deve trazer uma experiência de navegação melhorada e mais rápida ao usuário.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.