Aprenda a ativar o HTTP 2 no Google Chrome

Por Michel Marechal

Desde 1999, a internet como a conhecemos foi baseada no protocolo HTTP versão 1.1. Mas, como anunciado anteriormente no blog oficial do Google Chrome, usuários da versão 40 ou superior do navegador já podem mudar para o novo padrão do protocolo, o HTTP 2.

Se for o seu caso, fazer isso pode ser interessante, já que o HTTP 2 traz algumas melhorias na navegação e tende a torná-la mais fluida. Para começar, ele tem um novo padrão de compressão automática dos headers com um algoritmo chamado HPACK, capaz de aumentar bastante a velocidade de tráfego.

Além disso, o novo protocolo também é mais seguro devido ao uso obrigatório do SSL, o que, na prática, já vem acontecendo há algum tempo com o uso quase que indispensável do HTTPS. Em todo caso, a atualização é capaz de aumentar a segurança de conexões não tão seguras assim.

Verificando a versão do Chrome

Para ativar o HTTP 2 no seu Google Chrome é preciso verificar a versão do seu navegador e garantir que ela seja a 40 ou superior, independente se for 64 ou 32 bits. Para isso, clique nas três barrinhas no canto superior direito do navegador e depois em "Sobre o Google Chrome". Uma nova aba será aberta exibindo as informações do seu navegador. Caso a informação apresentada seja que o navegador está numa versão inferior a 40, atualize-o e siga adiante.

Ativando o HTTP 2

Em seguida, clique sobre a barra de endereço do Chrome e digite "chrome://flags" (sem as aspas). Nessa página, tome cuidado para não alterar nada além do necessário, já que ela apresenta configurações importantes e que podem gerar instabilidades no navegador. Pressione "Ctrl + F" no teclado e busque pelo termo "Ativar SPDY/4".

HTTP 2 no Google Chrome

Depois de encontrar a opção, clique em "Ativar" e depois em "Reiniciar agora". O Chrome será reiniciado e o HTTP 2 já será o seu novo protocolo de navegação.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.