MWC 2022 foca no 5G mas é esvaziada com poucos anúncios e reflexos da guerra

MWC 2022 foca no 5G mas é esvaziada com poucos anúncios e reflexos da guerra

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 04 de Março de 2022 às 11h00
GSMA

A Mobile World Congress (MWC) é um dos eventos de tecnologia mais esperados todos os anos, mas a edição de 2022 foi suscinta em meio ao aumento de casos da Ômicron e, mais recentemente, pela invasão da Ucrânia pela Rússia, que inclusive acarretou no banimento de empresas do país.

MWC 2022 acontece em meio à variante Ômicron e invasão russa na Ucrânia (Imagem: Reprodução/MWC)

A feira começou com um forte posicionamento da organização da MWC contra a Rússia: "o GSMA condena fortemente a invasão russa na Ucrânia e, em meio a esta situação emergente e considerando as perdas trágicas de vidas, a MWC parece imaterial."

O GSMA afirmou também que "segue todas as sanções de governos e políticas resultantes dessa situação", removendo o Pavilhão Russo da MWC 2022.

Feira de tecnologia trouxe poucos anúncios marcantes (Imagem: Reprodução/MWC)

Nos quatro dias da MWC 2022 — que aconteceu entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março — vimos poucos lançamentos marcantes por parte de empresas, com a Oppo ganhando boa parte dos destaques graças ao novo carregador mais veloz do mundo: o SuperVOOC 250W que recarrega uma bateria em menos de 10 minutos.

Assim como a Oppo, a TCL ganhou alguns minutos de holofote ao imaginar possibilidades para futuros celulares dobráveis. A empresa, porém, parece não ter tanto interesse em lançar tais dispositivos para os consumidores, visto que até agora a marca apresentou apenas protótipos e chegou até mesmo a cancelar o lançamento de seu primeiro modelo do tipo em 2021.

Tema da MWC 2022 foi "Conectividade Libertada", mostrando prioridade ao 5G (Imagem: Reprodução/MWC)

Com grandes empresas já tendo revelado novidades quentes na CES 2022 em janeiro, incluindo a Samsung e suas poderosas TVs Neo QLED 8K, tais marcas optam por focar em notebooks, tablets e celulares básicos.

O foco da MWC 2022, portanto, acabou sendo o 5G, visto que empresas já lançaram centenas de produtos com suporte para a nova tecnologia de redes móveis e, com sua forte expansão nos últimos anos, há necessidade pelo retorno do investimento bilionário.

Confira esses e outros destaques da MWC 2022 abaixo.

Oppo e o carregamento rápido de apenas 9 minutos

Um dos principais destaques da MWC deste ano ficou para a Oppo e seus novos e poderosos carregadores SuperVOOC com 150 Watts e 240 Watts de potência.

Tecnologia da Oppo recarrega celular em apenas 9 minutos (Imagem: Reprodução/Oppo)

Superando as principais concorrentes do mercado, a Oppo já confirmou o lançamento do primeiro celular com SuperVOOC 150 W — que recarrega uma bateria de 4.500 mAh em apenas 15 minutos —, mas não detalhou quando a tecnologia de 240 W chega ao mercado.

Ainda assim, a marca garante que a tecnologia é segura, menos prejudicial à saúde de bateria e mantém quase as mesmas dimensões do atual adaptador de 65 W.

A marca irmã Realme também apresentou uma solução similar, mostrando sua tecnologia UltraDart que promete recargas entre 100 e 200 W, com o mesmo cuidado para não degradar demais a bateria e adaptador de tomada compacto. A tecnologia estreia no Realme GT Neo 3, que ainda não tem data para chegar ao mercado.

Realme GT 2 e OnePlus 10 Pro no mercado global

Série Realme GT 2 com ficha técnica de alto desempenho chega ao mercado global e deve estrear em breve no Brasil (Imagem: Reprodução/Realme)

A Realme também aproveitou a feira para anunciar a versão global da série Realme GT 2, que já está homologada na Anatel e deve ser lançada em breve no Brasil, além do seu novo notebook com tela de resolução 2K.

Os aparelhos contam com chip Snapdragon 888 (Realme GT 2) e 8 Gen 1 (Realme GT 2 Pro), telas com taxa de atualização de 120 Hz, bateria de 5.000 mAh com recarga de 65 W e câmeras com sensor principal de 50 MP.

OnePlus 10 Pro também ganhou sua versão global (Imagem: Reprodução/OnePlus)

Ainda durante a MWC a OnePlus (mais uma irmã do grupo BBK Electronics) realizou o lançamento global do OnePlus 10 Pro e citou um celular dobrável que pode estar em desenvolvimento.

Assim como o Realme GT 2 Pro, o topo de linha da OnePlus chega com Snapdragon 8 Gen 1, tela OLED de 6,7 polegadas com resolução QHD e taxa de até 120 Hz, além de câmera traseira tripla com sensor de até 50 MP e bateria de 5.000 mAh, agora com carregamento mais veloz de 80 W.

Protótipos de dobráveis da TCL

Ultra Flex é um tablet dobrável com dobradiça em 360 graus que pode ser utilizado em modo smartphone (Imagem: Reprodução/TheGadgetFlow)

Dando sequência à ideia de imaginar seus projetos em vez de fabricá-los, a TCL apresentou dois protótipos de dobráveis durante a MWC 2022 que um dia podem se tornar realidade.

O TCL Ultra Flex é imaginado como um dispositivo flexível com apenas uma tela interna de 8 polegadas e, quando fechado, exibe apenas seu corpo sem display externo.

Aberto o aparelho funciona como um tablet compacto graças ao grande painel interno, mas seu diferencial fica para a dobradiça de 360 graus, permitindo uso em "modo smartphone" onde as metades da tela ficam projetadas para fora e sempre expostas — o que não parece muito seguro para o painel.

Protótipo da TCL une a tela flexível e o display expansível para três modos de uso (Imagem: Reprodução/TCL)

Já o TCL Fold N’ Roll, por sua vez, adota uma ideia ainda mais exótica ao aliar o display dobrável com a tecnologia de painéis roláveis.

Assim, a tela sempre exposta de 6,87 polegadas em modo smartphone pode ser expandida para 8,85 polegadas em modo tablet, ganhando ainda uma extensão para 10 polegadas ao ser ativado o mecanismo que desenrola parte do painel.

Além de tais protótipos, a fabricante também anunciou celulares que serão comercializados ao público: cinco modelos da série TCL 30 foram revelados com preço baixo, câmera de 50 MP e opção com 5G.

Novos celulares da Poco

Xiaomi aposta no lançamento internacional do Poco X4 Pro 5G e M4 Pro 4G (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Já a Xiaomi focou no lançamento global dos novos celulares da Poco em sua conferência da MWC 2022.

Sendo nada mais que um Redmi Note 11 Pro 5G renomeado, o Poco X4 Pro 5G aposta em um display de 6,67 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz, chip Snapdragon 695 e câmera traseira de 108 MP, além de uma generosa bateria de 5.000 mAh com recarga de 67 W.

Já o Poco M4 Pro 4G reutiliza elementos do Redmi Note 11S e chega com tela de 6,4 polegadas e taxa de 90 Hz, chip Helio G96, câmera traseira de 64 MP e bateria de 5.000 mAh com recarga de 33 W.

Samsung renova linha Galaxy Book

A gigante sul-coreana dedicou seu evento na Mobile World Congress para revelar novos modelos da série Galaxy Book 2, se destacando pelo bom custo-benefício e versatilidade dos dispositivos.

Linha Galaxy Book 2 oferece opções versáteis com preços interessantes (Imagem: Reprodução/Samsung)

O Galaxy Book 2 360 oferece tela de 13,3 polegadas sensível ao toque com dobradiça 360 graus para seu formato 2 em 1, podendo ser utilizado como notebook ou tablet, tendo suporte para S Pen (que é inclusa na caixa).

Enquanto isso o Galaxy Book 2 é uma versão sem tal versatilidade e preço menor, mas adotando tela de 15,6 polegadas. Ambos chegam com novos processadores Intel Alder Lake-U de 12ª geração, com o Book 2 ganhando ainda uma versão dedicada para o mercado corporativo.

Além das versões tradicionais, a marca ofereceu os modelos em variantes Pro para quem quer ainda mais potência.

Huawei foca em aparelhos para produtividade

Matepad Paper é um tablet com tela e-ink de 10,3 polegadas (Imagem: Reprodução/Huawei)

Após o lançamento global do P50 Pro e P50 Pocket em janeiro, a apresentação da Huawei na MWC focou em produtividade com novos tablets, novo notebook e um novo PC all-in-one.

A empresa revelou o tablet 2-em 1 MateBook E com suporte para caneta M Pencil e teclado com trackpad, além do MateBook X Pro com tela de bordas finas e processador Intel Core i7 de 11ª geração e o grande PC All-in-One MateStation X com tela de 28,2 polegadas e AMD Ryzen 7.

Uma curiosidade ficou para a estreia do MatePad Paper, um tablet de 10,3 polegadas com suporte para M Pencil e tela de tecnologia e-ink, sendo focado na escrita, leitura e anotações.

Nokia foca em celulares de entrada

HMD Global expande portfólio com novos modelos da série Nokia C (Imagem: Reprodução/Nokia)

Mais tímida, a Nokia acabou dedicando seu evento na feira de tecnologia para apresentar novos celulares de entrada da série Nokia C.

Os modelos oferecem construção robusta, preço baixo e alguns chegam até mesmo com bateria removível, algo que não se vê todo dia no mercado de telefonia móvel atual.

Os novos Nokia C2 (2ª edição), C21 e C21 Plus foram apresentados ao lado de novos fones de ouvido e já estão disponíveis no mercado global.

Lenovo tem chuva de lançamentos

A Lenovo aproveitou a feira de tecnologia para apresentar uma grande variedade de produtos, incluindo smartphones, tablets e notebooks.

Tab M10 Plus foca em produtividade e consumo multimídia (Imagem: Reprodução/Lenovo)

Entre os destaques temos a chegada do Tab M10 Plus "para trabalho e diversão", novos tablets e notebooks 2-em-1 com Windows 11 e Chrome OS, bem como o primeiro notebook ThinkPad com chip Snapdragon para até 28 horas de bateria, novos modelos versáteis da série ThinkBook e poderosos notebooks gamers com GPU RTX 3000.

Na China a empresa revelou três produtos com foco em jogos: o tablet Legion Y700 com chip Snapdragon 870, o potente celular gamer Legion Y90 com tela massiva de 6,9 polegadas e sistema robusto de refrigeração, e os notebooks Legion Y9000P e Y7000P com opções de processadores Alder Lake-H de 12ª geração da Intel e placas gráficas Nvidia RTX 30.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.