MWC 2019 | Nubia revela o Alpha, um híbrido de smartphone e pulseira fitness

Por Rafael Rodrigues da Silva | 25 de Fevereiro de 2019 às 21h20
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Nubia Alpha

Ficha técnica

Anunciado nesta segunda-feira (25) no MWC 2019, o Nubia Alpha é um híbrido perfeito entre um smartphone e um dispositivo vestível. Isso porque, apesar de possuir design igual ao de uma pulseira fitness, o aparelho possui todas as funcionalidades de um smartphone.

Utilizando a nova tecnologia de telas flexíveis, o Alpha possui uma tela OLED de 4 polegadas com resolução de 960 x 192 pixels e que ocupa cerca de metade de um pulso médio. Ainda que as especificações sejam mais fracas em comparação com smartphones da atualidade, com 1 GB de memória RAM, 8 GB de armazenamento, bateria de 500 mAh e câmera frontal de 5 MP, tais especificações ainda se sobressaem quando comparadas com as de outros dispositivos vestíveis.

E, ao contrário de um smartwatch, você pode usar o Alpha para enviar mensagens, fazer ligações e acessar a internet sem a necessidade de conectar o aparelho a um smartphone. Claro, as funcionalidades dele ainda são limitadas (por exemplo, o aparelho só possui suporte à tecnologia eSIM e não aceita chips físicos) e não irá substituir de vez o seu smartphone, mas o fato de ele funcionar de modo independente para conexões telefônicas e de internet tornam o Alpha o primeiro equipamento real que realmente se assemelha aos relógios usados por espiões em filmes como 007 e Missão:Impossível.

O Alpha, híbrido entre smartphone e pulseira fitness da Nubia (Imagem: Android Authority)

Além disso, o Alpha também possui todas as funções que se pode esperar de uma pulseira fitness, como monitor de batimentos cardíacos e da qualidade do sono. Também é possível fazer o download de músicas direto na memória do dispositivo e ouvi-las usando os Nubia Pods — fones de ouvido sem fio que a Nubia está lançando junto com o aparelho, mas que devem ser comprados de forma separada. E, ainda que a bateria de 500 mAh seja bem menor do que o usado em smartphones, a empresa garante que ela consegue manter o aparelho funcionando por até dois dias de uso contínuo, ou uma semana em modo standby.

O Alpha ainda utiliza um sistema operacional próprio desenvolvido pela Nubia, que funciona de forma mais parecida com os softwares usados em smartwatches do que em smartphones, mas que já virá de fábrica com uma função de controle por gestos que permitirá navegar pelos menus do aparelho sem precisar encostar o dedo na tela.

A empresa irá lançar duas versões do aparelho: uma somente com Bluetooth (que permitirá a navegação na internet por redes Wi-Fi, mas precisará ser pareado a um smartphone para efetuar ligações) que será vendido a partir de U$ 510 e chegará aos mercados da Europa, Estados Unidos e China até julho deste ano, e uma outra versão com eSIM (que permitirá efetuar ligações e enviar mensagens SMS sem a conexão com um smartphone) que será vendido a partir de U$ 620 (modelo preto) ou U$ 740 (no modelo banhado em ouro 18K), e que chega aos mesmos mercados em uma data mais próxima do Natal.

Fonte: TechRadar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.