Intel confirma que não vai mais participar da MWC por conta do coronavírus

Por Wagner Wakka | 11 de Fevereiro de 2020 às 12h56
Sundry Photography / Shutterstock.com
Tudo sobre

Intel

Saiba tudo sobre Intel

Ver mais

O Mobile World Congress (MWC) está perdendo mais uma grande empresa este ano. Depois de Amazon, LG, Sony, ZTE, Ericsson e da Samsung diminuir sua participação, agora foi a vez da Intel anunciar que não vai mais participar do evento em função dos riscos do coronavírus. A feira acontece entre os dias 24 e 27 de fevereiro em Barcelona.

Em e-mail para o CNET, um porta-voz da companhia explicou a ausência: “A segurança e bem-estar de todos nossos funcionários e parceiros é nossa maior prioridade e vamos abandonar o Mobile World Congress neste ano por aumento de precaução”.

O coronavírus foi descoberto em dezembro na cidade de Wuhan, na China, e já se propagou para vários países. Até o momento já foram confirmados mais de 43 mil casos de infecção, com mais de mil pessoas mortas. A Espanha, país em que será realizado o MWC, já apresentou dois casos da doença.

Para tentar apaziguar os ânimos, a GSMA, companhia que elabora o MWC, disse que vai adicionar medidas de segurança para além das tradicionais relativas à saúde pública. Uma delas é banir viajantes da região de Hibei, província da China onde fica Wuhan.

Até o momento, a feira anual, considera a mais importante do setor de smartphones e tablets, ainda está confirmada para acontecer neste final de fevereiro.

Fonte: CNET

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.