Spotify pode voltar atrás em sua nova política de conteúdo anti-ódio

Por Eduardo Hayashi | 25 de Maio de 2018 às 14h30

Na semana passada, o Spotify colocou em prática suas novas regras para a remoção de conteúdos na plataforma que apresentavam discursos de ódio ou que estivessem relacionados a artistas com históricos de violência. E, apesar de tais medidas serem aparentemente positivas para os usuários, elas foram amplamente criticadas, transformando o assunto em um grande divisor de águas na indústria da música.

Um dos alvos da “Política de Conteúdo Anti-Ódio” foi o rapper XXXTENTACION, que fez parte da lista de artistas que tiveram músicas removidas das listas de reprodução editorais do Spotify. As medidas logo tiveram um impacto negativo sobre o serviço, com uma queda recente de números de streaming na plataforma. Além disso, diversos outros nomes conhecidos da música se declaram contra a política do serviço online.

Em função deste retorno negativo, a Bloomberg relatou que o Spotify pode voltar atrás em suas mudanças, o que resultaria, consequentemente, no retorno de diversas músicas que foram retiradas do serviço após o surgimento da nova política de conteúdo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A grande parcela dos artistas que se mostraram contra as medidas da plataforma de streaming estão criticando principalmente a falta de clareza com que as políticas são descritas, podendo, entre outras coisas, ocasionar na remoção de músicas a partir de históricos de condutas inapropriadas da vida pessoal dos artistas.

Ainda segundo informações do site, os executivos do Spotify estariam em conversa com ativistas da indústria musical e de direitos civis para que os termos sejam ajustados de modo que as novas políticas que adaptem tanto aos objetivos morais da empresa, quanto à exigência daqueles que atuam na indústria da música.

Fonte: TheVerge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.