Spotify desembarca no Japão, o segundo maior mercado de música do mundo

Por Redação | 29 de Setembro de 2016 às 09h10

Depois de muito planejamento e negociação, o Spotify finalmente desembarcou no Japão nesta quinta-feira (29). O país é considerado o segundo maior mercado de música do mundo e a expectativa é que a plataforma de streaming amplie consideravelmente suas receitas daqui em diante.

Há cerca de dois anos a empresa vinha buscando pessoal para contratar e tocar suas operações no país asiático e há apenas um ano e meio abriu seus escritórios na capital Tóquio. Desde então, foram várias rodadas de negociação com gravadoras para disponibilizar os artistas e suas músicas no Japão.

Embora não seja o primeiro serviço do tipo a chegar lá, a expectativa é que o Spotify domine o mercado. A explicação desse otimismo todo é que Apple Music, Rakuten e LINE ainda não foram capazes de popularizar o streaming de músicas no país, já que a população, majoritariamente, ainda prefere comprar CDs físicos e músicas avulsas no iTunes.

Se tudo sair conforme o planejado, o Spotify abocanhará uma boa fatia dos quase US$ 3 bilhões que a indústria fonoaudiográfica gera anualmente por lá. O principal atrativo usado pelo serviço para conquistar usuários é o preço da assinatura mensal, cujo valor é de US$ 9,60 mensais.

Caso a isca tenha efeito, os atuais 40 milhões de usuários pagantes do serviço de streaming musical devem aumentar consideravelmente e ajudar o Spotify nos seus planos de ofertar ações publicamente em 2017. Em paralelo à chegada no Japão, o Spotify também parece estar negociando a aquisição do SoundCloud.

Via TechCrunch

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.