“Pai” do Apple Music dá declaração sexista ao vivo, mas se desculpa pela gafe

Por Redação | 20.11.2015 às 12:29

O produtor musical e presidente da gravadora Interscope Records, Jimmy Iovine, protagonizou uma tremenda gafe ao vivo na CBS, um dos canais de maior audiência na televisão norteamericana. O “pai” do Apple Music justificou a criação das playlists temáticas do serviço baseado em uma suposta dificuldade que mulheres teriam para encontrar músicas.

Jimmy Iovine

“Mulheres têm muita dificuldade às vezes para encontrar músicas… e as listas tornam isso mais fácil”, disse o co-fundador do serviço de streaming de músicas da Apple. O empresário segue tentando justificar sua fala, mas acaba piorando ainda mais a situação. “Garotas quando estão à toa, sabe, conversando sobre garotos, ou reclamando sobre garotos, quando estão com o coração partido ou algo do tipo. Elas precisam de música para aquele momento, certo? Então é difícil encontrar a música ideal. Nem todas têm as listas certas, ou conhecem um DJ ou algo assim”, disse Iovine em um show de sexismo e ignorância sobre o universo feminino.

O momento embaraçoso aconteceu durante um programa matutino do canal, que convidou Iovine, a cantora Mary J. Blige e as atrizes Kerry Washington e Taraji P. Henson para uma entrevista para falarem sobre o novo comercial do Apple Music, em que as artistas aparecem curtindo um som juntas.

Comercial Apple Music

Cena da nova propaganda do Apple Music com Mary J. Blige, Kerry Washington e Taraji P. Henson (Reprodução: Divulgação)

No entanto, após a imediata repercussão negativa desta declaração, Jimmy Iovine conversou com o site BuzzFeed pedindo desculpas pela gafe: “Nós criamos o Apple Music para facilitar encontrar a música ideal para todos — homens e mulheres, jovens e mais velhos. Nosso novo comercial foca em mulheres, e esse é o motivo por que eu respondi daquele jeito, mas é claro que o mesmo se aplica igualmente a homens. Eu poderia ter escolhido melhor minhas palavras, e peço desculpas”.

Que bola fora, hein!

Fonte: Engadget