Apple cancela seu festival anual de música

Por Redação | 05 de Setembro de 2017 às 12h29

O Apple Music Festival, que acontecia todos os anos desde 2007, vai deixar de existir. Nesta terça-feira (05), a Maçã confirmou que a mais recente edição, realizada no ano passado, será a última, com o evento anual de música não acontecendo mais daqui em diante. As razões para essa decisão, entretanto, não foram reveladas.

Os shows aconteciam todos os anos em Londres. Por seus palcos já passaram nomes como Foo Fighters, Katy Perry, Coldplay, Paramore, Lady Gaga e tantos outros, tudo transmitido ao vivo e de graça para os usuários de produtos da fabricante. Até 2014, o evento era conhecido como iTunes Festival, mudando de nome para se adequar à nova estratégia da marca no mercado musical.

Essas mudanças, que incluem a compra da Beats e o lançamento de um serviço de streaming de músicas, inclusive, poderiam indicar que o Apple Music Festival teria vida longa, mas, aparentemente, não é esse o caso. Os boatos sobre o cancelamento, inclusive, já rolavam pelo simples fato de já estarmos em setembro e, até agora, a Maçã ainda não ter anunciado uma edição 2017 do festival.

Agora, tudo está acabado. E por mais que a empresa não tenha falado especificamente sobre os motivos que levaram ao fim do festival, tudo indica uma preferência da empresa pelo patrocínio a eventos menores, não realizados pelas próprias mãos. Neste ano, por exemplo, a banda Arcade Fire e o rapper Drake tiveram turnês parcialmente patrocinadas pela Apple.

São, não coincidentemente, artistas que mantêm parcerias de liberação de conteúdo exclusivo e produções originais para o Music, serviço de streaming da Maçã. Movimentos como estes, então, devem continuar no futuro. Ainda assim, permanece a notícia negativa para os fãs que todos os anos aguardavam para ver seus artistas favoritos em shows ao vivo, transmitidos pela internet em alta qualidade.

Fonte: Music Business Worldwide