Spotify acaba com limite de horas para usuários gratuitos

Por Redação | 16 de Janeiro de 2014 às 17h07

O Spotify anunciou nesta quarta-feira (16) que seu serviço de música por streaming não mais limitará o tempo que seus usuários escutam música na internet. Antes do anúncio, o serviço limitava os usuários a até 2 horas e meia semanais de música após o período de testes de 6 meses concedido pela empresa. A partir de hoje, no entanto, aqueles que acessam o serviço gratuitamente, poderão ouvir música sem limites desde que estejam com o modo aleatório ativado.

O anúncio precede o lançamento do concorrente Beats Music, da concorrente Beats que ficou famosa por seus fones de ouvido assinados pelo rapper estadunidense Dr. Dre. Segundo o The Verge, a estratégia de marketing agressiva do novo serviço de streaming, que inclui um comercial no concorrido intervalo do Super Bowl, a final do futebol americano, e o recurso de deixar o usuário gratuito ouvir quantas músicas quiser preocupou o Spotify. Para não perder usuários e não deixar de atrair novos, o serviço teria resolvido investir no streaming ilimitado.

"No passado, tivemos que restringir o tempo de escuta para algumas horas por semana, depois do período de testes de seis meses ter terminado", escreveu Diego Planas Rego, diretor de marketing do Spotify, no blog da empresa. "Mas, agora, você pode ouvir suas canções favoritas quantas vezes quiser".

O Spotify sempre se destacou da concorrência por oferecer recursos e vantagens mais atraentes aos usuários - independente deles assinarem o serviço ou não. Apesar de custosa, a estratégia de eliminar o tempo de escuta para os usuários gratuitos deve fazer com que o serviço continue se destacando entre os demais, atraia mais usuários e aumente a receita com propagandas, que é uma das principais fontes de renda do negócio.

Apesar de ainda não estar disponível no Brasil, o Spotify tem grande interesse no nosso mercado e já conduz testes com usuários daqui. O anúncio da chegada do serviço por aqui é muito aguardado e, já que não ocorreu como deveria no fim do ano passado, deve acontecer muito em breve.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.