Passados 12 anos, criador do Napster se encontra com Metallica

Por Redação | 07 de Dezembro de 2012 às 11h05

Bons tempos aqueles da internet discada, das longas esperas pela meia noite, da cobrança de pulsos telefônicos e do início da era de compartilhamento de arquivos na internet! Porém, há 12 anos, as coisas começaram a esquentar entre a banda de heavy metal Metallica e o então recém-criado serviço de compartilhamento de músicas na web, o Napster.

Em abril de 2000, o Metallica resolveu processar os criadores do Napster, Sean Parker e Shawn Faunning, porque o software infringia seus direitos autorais. O preço exigido pelo processo foi de US$ 10 milhões (o equivalente a 20,7 milhões de reais).

Mas, nada como o tempo para acalmar os ânimos das partes envolvidas: ontem (6), Sean Parker esteve cara a cara com Lars Ulrich, baterista e criador da banda. E o encontro foi bem tranquilo. Saiu no VentureBeat.

Parker e Lars

Sean Parker e Lars Ulrich (Foto: VentureBeat)

Os dois se encontraram em Nova York para anunciar o lançamento da discografia da banda pelo Spotify. A ideia de promover o evento foi do CEO da plataforma, Daniel Ek. E você deve estar se perguntando o que o Napster tem a ver com isso, certo? É que Parker, além de ter fundado o antigo serviço de compartilhamento de músicas, é hoje conselheiro e investidor do Spotify.

Durante o evento, Daniel Ek revelou que o Spotify já teve de pagar mais de 500 milhões de dólares em direitos autorais para gravadoras e artistas. O Metallica, que não se dava muito bem com a ideia de oferecer música digital pela web no passado, parece ter feito as pazes com o antigo Napster e com os serviços de música pela web.

Agora, depois de 12 anos, a lendária banda está criando um catálogo completo de músicas, que será disponibilizado no Spotify. Esta e outras novidades relacionadas ao Spotify serão disponibilizadas em algumas semanas, com a atualização do aplicativo Spotify para desktop.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.