Novo site do MySpace já enfrenta problemas com direitos autorais

Por Redação | 21.01.2013 às 20:17

Na última semana, uma versão completamente remodelada do MySpace foi ao ar com a ajuda do cantor-ator-coproprietário do site, Justin Timberlake, e também de Jay-Z. A rede social voltada para a música quer se reposicionar no mundo virtual, mas já está enfrentando alguns problemas.

Conforme ressalta o The New York Times, Timberlake é um sócio minoritário do grupo de investidores que comprou o MySpace por US$ 35 milhões em 2011, seis anos após a News Corporation ter pago US$ 580 milhões por ele, com a esperança de dominar a web social. Pouco tempo depois, ele foi engolido pelo Facebook e caiu na lata de lixo da Internet.

Mas a nova versão do Myspace ganhou muitos elogios, principalmente pelo design mais elegante e moderno, e também por sua proposta de ajudar artistas e gravadoras independentes a divulgar seu trabalho. Porém, essa última parte já está causando uma dor de cabeça para o site.

Um grupo que representa milhares de pequenos selos de gravadoras está alegando que o serviço está usando música de seus membros sem a devida permissão. Este grupo, chamado Merlin, disse que o acordo feito com o MySpace expirou há cerca de um ano, mas o serviço ainda mantém mais de 100 de seus selos disponíveis no site.

O MySpace se defendeu dizendo que as músicas citadas pela Merlin foram postadas por usuários aleatórios do serviço, mas que poderá retirá-las do ar quando a companhia pedir formalmente. A rede social musical também afirma que foi ela quem decidiu não renovar o contrato com a Merlin.