Michael Jackson "volta" aos palcos em forma de holograma

Por Redação | 19 de Maio de 2014 às 10h20
photo_camera Divulgação

Aconteceu na noite deste domingo (18) a entrega do Billboard Music Awards 2014, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Mas ao contrário da entrega de prêmios e apresentações de outros artistas, o grande destaque do evento foi a presença do rei do pop, Michael Jackson. "Ele" subiu ao palco em forma de holograma para interpretar uma das oito canções de "Xscape", seu último álbum póstumo lançado na semana passada.

Esta é a primeira aparição de "Michael" depois da morte do cantor, que no próximo dia 25 de junho completa cinco anos. O holograma, que fisicamente lembra o físico do cantor da época do álbum "Bad" (1987), cantou a música "Slave to the Rythm", com direito a coreografia com outros dançarinos de carne e osso. Teve até um moonwalking, o famoso passo para trás, característico das danças do cantor. O holograma de Michael Jackson levou um ano para ser feito e teve a colaboração de 104 artistas e técnicos.

Assista à apresentação do rei do pop no Billboard Music Awards 2014:


A "atuação" do rei do pop, ou seja, como ela seria executada, foi mantida em sigilo até o último momento. Contudo, a notícia já havia vazado na internet dias antes da apresentação oficial devido a uma batalha na justiça movida por duas companhias que queriam impedir o show. De acordo com o The Verge, as empresas Hologram USA e Musion das Hologram acusaram a organização do evento de violar suas patentes em relação à tecnologia do holograma, mas um juiz de Las Vegas autorizou a exibição.

A Hologram USA adquiriu em 2012 os direitos da tecnologia de holograma depois da falência da Digital Domain, criadora da imagem de Tupac Shakur exibida no festival norte-americano Coachella durante uma apresentação do rapper Snoop Dogg. Na época, a mesma empresa havia prometido aparições de outros ícones da música em forma de holograma, entre eles Jim Morrison, vocalista da banda The Doors, Jimi Hendrix e Elvis Presley.

Os primeiros modelos de holograma surgiram ainda no século 16, mas só foi possível "ressuscitar" artistas falecidos com o avanço dos efeitos visuais mais recentes. Aqui no Brasil, a moda do holograma chegou no ano passado com os cantores Renato Russo, do Legião Urbana, e Cazuza, que participaram de pequenos shows especiais.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.