Até hoje, funkeiro do hit 'Sou Foda' fatura R$ 8 mil ao mês só com direitos

Por Redação | 09.05.2013 às 14:06

O hit 'Sou Foda' bombou na internet há quase três anos e, até hoje, o seu compositor, o funkeiro carioca Vitinho, fatura cerca de R$ 8 mil ao mês com os direitos autorais de sua música, segundo dados do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) obtidos pela reportagem do site G1. Os valores são referentes à arrecadação entre os meses de novembro de 2012 e fevereiro de 2013.

Ainda de acordo com o Ecad, 'Sou Foda' foi a quarta música mais tocada em shows no Brasil ao longo do último ano e Vitinho foi o único músico não sertanejo a aparecer no ranking das mais tocadas em apresentações. O primeiro lugar ficou com a música 'Ai se eu te pego', interpretada por Michel Teló e com trâmites na justiça para a definição de sua autoria.

Vitinho, 19 anos, afirmou que deixou o grupo Avassaladores, com o qual lançou o seu hit de maior sucesso até o momento, há dois meses e está seguindo carreira solo. O funkeiro ainda afirmou que continua morando no mesmo lugar na zona norte do Rio de Janeiro, que leva uma "vida tranquila" e que não é rico como muitos possam imaginar. Ele também questionou o fato de sua música ser a quarta mais tocada e não render tanto quanto deveria por sua posição - Vitinho afirmou que fatura mais com shows do que com o repasse de direitos autorais.

O Ecad, por sua vez, informou que entre os meses de novembro de 2012 e janeiro de 2013 a média de faturamento com a composição foi de R$ 8 mil. No melhor mês, janeiro deste ano, Vitinho faturou R$ 12.894,30 pela música e no pior mês, em novembro, o faturamento foi de R$ 5.024,87. Os valores que o Ecad informou foram confirmados pela tia e produtora de Vitinho, Márcia Carneiro.

'Sou Foda' foi composta por Vitinho quando ele ainda tinha 15 anos e na época, o grupo Avassaladores não acreditava que a canção iria render tanto. "O clipe foi muito barato, custou R$ 200, 300", explicou Vitinho. "Não pensava que ia dar esse negócio todo".