Com álbum silencioso, banda indie consegue US$ 20 mil em royalties do Spotify

Por Redação | 08 de Maio de 2014 às 10h25

A atitude da banda independente Vulfpeck está sendo vista por uns como uma grande trollagem e por outros como um protesto inteligente contra a política do Spotify sobre a questão dos royalties. Para financiar uma turnê gratuita, o conjunto fez o upload de Sleepify, um álbum completamente silencioso, cujas faixas tinham pouco mais de 30 segundos de duração, e pediu aos fãs que o reproduzissem incessantemente. Quem conta é o Ubergizmo.

A proposta era a seguinte: o Vulfpeck se comprometeria a fazer uma turnê gratuita, passando pelas cidades que estivessem no topo da lista de reproduções do álbum Sleepify. A sequência de shows seria financiada pelos royalties do Spotify e, por isso mesmo, a ideia de subir um álbum silencioso e de faixas curtas para perverter o sistema do serviço. O pedido era que os fãs deixassem o disco rodando em modo de repetição durante a noite, tornando seu “sono produtivo”.

A ideia deu certo por um bom tempo, até que o Spotify percebeu a prática e removeu o álbum de suas listagens. Ainda assim, a turnê foi financiada, com US$ 20 mil sendo obtidos apenas a partir de royalties. E é justamente aí que está a raiz do que é um problema para muitos músicos já que, para obter o montante, as faixas do Vulfpack tiveram que ser reproduzidas mais de 2,8 milhões de vezes.

Constantemente, o Spotify é acusado por artistas menores de pagar pouco pela reprodução de suas músicas, enquanto lucra alto com publicidade e assinaturas. A cada reprodução, os músicos recebem apenas US$ 0,007 em royalties e, mesmo assim, isso só é gerado caso o usuário passe dos primeiros 30 segundos de cada canção. Daí veio a ideia de Sleepify, que ultrapassava pouco esse imite mas garantia o pagamento à banda.

Ao perceber o movimento, o Spotify retirou o álbum do ar alegando que ele estava contra os termos de uso do serviço, mas ainda assim, irá realizar o pagamento ao Vulfpeck. Esse fato não incomodou à banda, que já disse que vai realizar a turnê gratuita com os US$ 20 mil obtidos e já tem um novo disco no serviço, agora com faixas “de verdade” que, inclusive, brincam com a campanha de financiamento.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.