Banda composta apenas por robôs lança álbum

Por Redação | 24.04.2014 às 07:45
photo_camera Reprodução / YouTube

Em 2013, um time de roboticistas japoneses se uniu com o desafio de criar um sistema capaz de reproduzir música que está além dos mais habilidosos músicos humanos. O resultado é a Z Machines, banda composta por um guitarrista de 78 dedos, um baterista de 22 braços e um tecladista que usa lasers para tocar. Aliados ao produtor britânico Squarepusher, o grupo japonês lançou o álbum "Music for Robots", que está disponível para download no iTunes, Google Play, Bleep e Amazon.

Z Machines

Reprodução / YouTube

"Neste projeto, a principal questão que eu tentei responder foi 'esses robôs conseguem tocar música que é emocionalmente cativante?'", disse Squarepusher. "Para mim, sempre existiu algo fascinante sobre o encontro do não familiar com o familiar. Por muito tempo eu tenho sido um defensor de tentar abordagens novas para instrumentações já existentes tanto quanto eu defendo tentar desenvolver novos instrumentos e ser capaz de repensar a forma como, por exemplo, uma guitarra elétrica é utilizada, é muito excitante".

O produtor compôs peças especialmente para a banda robótica, pensando em seu potencial e suas dificuldades. A velocidade é uma grande vantagem das máquinas, obviamente, mas ele também descobriu que os robôs tinham pouco controle na amplitude do som - a intensidade com que a nota é tocada. "Da mesma forma que você faz quando escreve música para um artista humano, deve-se ter essas características em mente - e a particular extensão de possibilidades musicais que correspondem a essas características. Em consequência, neste projeto instrumentos familiares são usados de formas que até agora eram impossíveis".

Confira o clipe da música "Sad Robots Goes Funny" da Z Machines abaixo: