8 serviços de streaming de música para quem ficou órfão do Grooveshark

Por Douglas Ciriaco
photo_camera SpliShire

O Grooveshark morreu e, convenhamos, diante de tantos problemas que serviços com propostas semelhantes costumam enfrentar, até que demorou. O serviço era famoso por ser uma espécie de trincheira para quem queria apenas curtir música sem desembolsar nenhum trocado para isso.

Independente de sua posição a respeito das práticas do Grooveshark, o fato é que a página oferece um grande serviço aos amantes da música. Mas o “conto de fadas” chegou ao fim e é bem provável que muita gente tenha ficado órfã do serviço.

Para estes, nós listamos agora oito serviços que podem muito bem suprir a falta deixada pelo Grooveshark.

1. Spotify

Alternativas ao Grooveshark

Um dos principais serviços de streaming do mundo na atualidade, o Spotify consegue mesclar bem a legalidade com ofertas gratuitas para quem quer ouvir música. No plano premium, o serviço oferece uma experiência completa, sem anúncios e com a possibilidade de ouvir canções offline.

Ele é recente ainda no Brasil, mas já faz um sucesso enorme lá fora, tendo sido bastante festejado pelos amantes da música e da praticidade. Além de ser usado na web, o serviço conta com apps para Smart TVs, consoles, Windows, Mac, Android, iOS e Windows Phone.

2. Google Music

Alternativas ao Grooveshark

O Google está sempre expandindo seus negócios e uma das suas últimas investidas foi no lucrativo mercado de streaming de áudio. O Google Music é o serviço de transmissão de música da companhia, que oferece uma experiência bastante completa para seus usuários e pode ser usado gratuitamente e de forma completa durante um determinado período — depois, você pode continuar usando se tiver uma conta paga.

Em sua versão premium, ele permite que você escute música sem estar conectado à internet e sem nenhuma propaganda. Ele ainda permite que você envie seus próprios arquivos MP3 para escutá-los em outros dispositivos a partir da web. O Google Music pode ser acessado do navegador e conta ainda com versões para Android e iOS.

3. Deezer

Alternativas ao Grooveshark

O Deezer começou como uma espécie de Grooveshark, uma “rádio online” por meio da qual era possível ouvir música sem pagar nada. O tempo passou e (provavelmente após algum temor de ter de acertar as contas com a Justiça) o serviço evoluiu e se tornou uma das referências do streaming de música na atualidade.

Ele tem uma interface moderna e também oferece uma experiência gratuita e limitada. Quem abrir a carteira e pagar uma mensalidade pode aproveitar o Deezer na íntegra, poderá ouvir músicas offline a partir do celular e sem propagandas. Ele tem versões para Smart TVs, consoles, Windows 8, Android, iOS e Windows Phone.

4. Rdio

Alternativas ao Grooveshark

Outro nome já bastante conhecido de quem ouve música pela internet, o Rdio não deve muito para seus principais concorrentes. Ele foge um pouco do padrão visual dos demais, o que dá um toque de originalidade, mas oferece recursos semelhantes.

Aqui, você pode ouvir músicas gratuitamente a partir da web, mas, para se livrar das propagandas, será preciso pagar. No modo premium, você também pode escutar música offline e a partir de um dispositivo portátil, seja ele tablet ou smartphone. O serviço funciona a partir do navegador e tem apps para Android, iOS e Windows Phone.

5. Napster

Alternativas ao Grooveshark

Se você já acessava a internet na virada do século, provavelmente ouviu falar no Napster. Ele nasceu como um serviço de compartilhamento de arquivos P2P, o primeiro do gênero, e revolucionou a forma como se compartilhava música na internet. Obviamente que ele não passaria incólume e, depois de enfrentar inúmeros problemas com ações judiciais movidas pelas grandes gravadoras, encerrou as atividades.

Mas ele retornou recentemente de forma legal e como um serviço de streaming de áudio. No Brasil, ele é associado ao portal Terra e à operadora de telefonia Vivo, oferecendo condições de assinatura diferenciadas para clientes de ambas as companhias. Ele conta com recursos gratuitos limitados e pode ser acessado por meio da web, Android, iOS e Windows Phone.

6. GVT Music

Alternativas ao Grooveshark

Um dos mais recentes serviços do gênero, o GVT Music é também o mais “humilde” de todos os listados aqui, com o menor catálogo. Porém, a quantidade de músicas oferecidas vai aumentando aos poucos e sempre vale dar uma verificada no que já está disponível, afinal, contar com dezenas de milhões de canções nem sempre é certeza de encontrar algo que você gosta.

O GVT Music conta com um visual moderno e pode ser utilizado gratuitamente durante 15 dias, depois disso é preciso pagar mensalidade para continuar usando. Ele está disponível apenas para clientes da GVT e os assinantes do serviço podem utilizá-lo por meio do receptor HD da GVT TV ou ainda a partir da web, do Android e do iOS.

7. Xbox Music

Alternativas ao Grooveshark

O Xbox Music é o serviço oficial de streaming de áudio da Microsoft. Ele conta com um catálogo respeitável e pode ser uma opção ainda mais viável caso você possua um Xbox (360 ou One) em sua casa. Isso porque ele é o serviço de música oficial destes consoles, o que torna tudo mais prático.

Ele não conta com contas gratuitas, ou seja, para usar será preciso adquirir o Music Pass, que nada mais é do que a assinatura de um plano pago. Depois disso, você pode usar o Xbox Music a partir de um console ou então via web, Windows 8, Android, iOS ou Windows Phone.

8. YouTube Music Key

Alternativas ao Grooveshark

A última dica desta lista é mais um serviço do Google. O YouTube Music Key é o serviço de streaming de músicas do YouTube, uma experiência diferente com o tradicional portal de vídeo, também um dos principais serviços de música da atualidade.

O Music Key ainda está em fase Beta, então é preciso de um convite para experimentá-lo. Diferente do app convencional do YouTube, ele permite que você escute músicas sem anúncios e em segundo plano — ou seja, é possível usar outros aplicativos enquanto você curte músicas do YouTube.

Conhece algum serviço de streaming de áudio que ficou de fora desta lista? Indique-o para todos na seção de comentários logo abaixo.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.