5 opções para exportar suas playlists do Rdio para outros serviços de música

Por Douglas Ciriaco

Muita gente foi pega de surpresa ontem (17), quando o serviço de música Rdio anunciou que abriu pedido de falência e o que sobrou da empresa foi vendido para outro serviço de streaming de áudio, o Pandora, por US$ 75 milhões. Este último atualmente está disponível apenas na Austrália, nos Estados Unidos e na Nova Zelândia.

Ele vai adquirir a propriedade intelectual e a tecnologia do Rdio, que deve ser encerrado no futuro. Em seu blog oficial, o Rdio afirma que, por enquanto, tudo continuará funcionando e avisa que está “ansioso por trazer experiências musicais ainda melhores no futuro como parte da equipe Pandora”.

Então, se você está pensando em migrar para outros serviços de streaming disponíveis no Brasil, aqui vão algumas dicas para você levar as suas playlists com você. Confira:

1. Soundiiz (vários serviços)

Exportar playlists do Rdio

O Soundiiz é um serviço bem completo para transferências de playlists entre plataformas de streaming de música. Nele, basta fazer login no serviço de sua preferência e então iniciar a conversão, que leva apenas alguns instantes e não demanda qualquer outro esforço.

Você pode migrar suas playlists do Rdio para os seguintes serviços: Spotify, Tidal, Qobuz, SoundCloud, Deezer, Napster e Groove Music. Nós já fizemos um tutorial completo ensinando a usar o Soundiiz, dê uma olhada.

2. Playlist Exchange (Spotify)

Exportar playlists do Rdio

Se você vai migrar do Rdio para o Spotify, o Playlist Exchange é uma das boas opções disponíveis. Ele funciona de forma básica: você autoriza o serviço a acessar as suas listas do Rdio, seleciona quais devem ser transferidas para o Spotify e pronto. Dentro de alguns instantes, as informações de um serviço são replicadas em outro.

3. Rdio Enhancer + Ivy (Spotify)

Exportar playlists do Rdio

Esta combinação é um pouco mais complicada, mas pode ser a mais viável para quem não quer usar o Soundiiz. Então, é possível baixar o complemento Rdio Enhancer (exclusivo Google Chrome) e, com ele, você faz o download da sua playlist no formato CSV.

Depois, basta acessar o Ivy. É ele que vai enviar o arquivo com todas as informações de suas listas de reprodução do Rdio para o Spotify.

4. STAMP (Apple Music)

Exportar playlists do Rdio

O STAMP tem uma função bem específica: migrar listas de reprodução de alguns dos principais serviços de streaming para o Apple Music, o “calouro” da turma. Ele é um programa para desktop com versões para Windows e Mac, ou seja, você precisa baixar e instalar em seu computador para usufruir de seus recursos.

Esta ferramenta oferece controle total daquilo que você transfere. Basta fazer login no serviço e selecionar quais listas devem ser transferidas até o Apple Music.

5. Move to Apple Music (Apple Music)

Exportar playlists do Rdio

Como o nome do serviço deixa claro, o Move to Apple Music serve apenas para migrações feitas de outros serviços para o Apple Music. Este é um programa exclusivo para Mac, tem um bom apelo visual e é capaz de importar playlists em instantes. Ele é pago, mas conta com uma versão de avaliação que pode dar conta do recado.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.