Yahoo vai remover conteúdos publicados por grupos terroristas

Por Redação | 23.06.2016 às 20:13 - atualizado em 23.06.2016 às 21:03

Seguindo os passos de outras companhias, o Yahoo quer garantir que seus serviços não sejam utilizados pelo Estado Islâmico e outros grupos terroristas, principalmente após todas as polêmicas envolvendo os últimos ataques.

Pensando nisso, a empresa atualizou suas diretrizes, deixando claro, especificamente, que serão removidos conteúdos e desativadas contas que "apoiam ou celebram" organizações terroristas, seus líderes, ou atividades violentas.

A atualização coloca o Yahoo em conformidade com outras companhias de tecnologia no que se refere aos esforços para combater a capacidade de grupos terroristas se unirem, espalhando as suas mensagens. Sobre o assunto, o Twitter, por exemplo, garante ter suspendido mais de 125 mil contas relacionadas com o terrorismo.

Kathleen Lefstad, gerente de políticas de segurança do Yahoo, afirma que esta nova categoria amplia o combate a outros tipos de conteúdo, incluindo discursos de ódio, intimidação ou assédio, e o compartilhamento de conteúdos sexuais.

"Estamos orgulhosos de ter construído uma comunidade de mais de um bilhão de pessoas ao redor do mundo com crenças e opiniões diferentes, e estamos empenhados em promover um ambiente de respeito mútuo", completou a executiva.

Fonte: VentureBeat