Yahoo! vai demitir 10% dos seus funcionários

Por Redação | 07.01.2016 às 11:44

O ano não vai começar com boas notícias para cerca de mil trabalhadores do Yahoo!, uma das mais populares empresas da internet no planeta. De acordo com uma reportagem do Business Insider, a empresa comandada pela executiva Marissa Mayer deve mandar embora 10% dos seus funcionários. As áreas mais atingidas seriam os setores de tecnologia e plataforma e também as operações europeias da companhia.

Os cortes já eram esperados há algum tempo, fazem parte de uma reestruturação da companhia e podem iniciar ainda neste mês de janeiro. “Uma equipe está trabalhando nisso e eles querem fazê-lo já neste trimestre”, informou ao Business Insider uma das fontes que tem acesso aos planos do Yahoo!. A empresa, por sua vez, preferiu não comentar os processos de demissão.

O Yahoo! procura novos caminhos após anos seguidos de prejuízo. Atualmente com cerca de 10 mil funcionários, a companhia tem sido pressionada por alguns investidores para diminuir de tamanho, com a CEO Mayer ouvindo de ao menos um investidor que o tamanho ideal seria de apenas 3 mil empregados. Apenas no último ano, a companhia reduziu 14% de seus postos de trabalhos.

Mais fechamentos

Diminuir a quantidade de funcionários às vezes vem na esteira de projetos que foram abandonados pelo caminho, e este parece ter sido o caso do Yahoo!. Na última semana, a companhia anunciou o encerramento do Yahoo Screen, o serviço de vídeo especializado em notícias e informação lançado em 2014 para dispositivos mobile. Além disso, houve redução do orçamento para os estúdios de produção da companhia e é provável que não haja a cobertura ao vivo de eventos como o Globo de Ouro, que ocorre neste final de semana.

A reestruturação do Yahoo! também passa pelo setor de mídia, que teve algumas modificações nos últimos meses. A ideia é reduzir os custos e otimizar os recursos disponíveis atualmente para tentar reviver uma das mais conhecidas e antigas marcas da web.

Fonte: Business Insider