Yahoo lança bots de clima e notícias para Kik Messenger

Por Redação | 07 de Junho de 2016 às 19h45

Enquanto a situação do Yahoo não tem um desfecho definitivo, a empresa continua lutando pelo seu espaço digital. Foram lançados os primeiros chat bots para o app Kik Messenger, um dos mais populares entre os jovens norte-americanos e usado também aqui no Brasil. Os bots são baseados nos dois apps mais populares do Yahoo, o News Digest, de notícias, e o Weather, de previsão do tempo.

A partir de agora será possível "conversar" com os bots @yahooweather e @yahoonews. Assim que uma mensagem é enviada a eles, um menu aparece em forma de diálogos casuais.

Segundo o Yahoo, 40% dos adolescentes americanos gastam em média 74 minutos diários no Kik. Apesar de não ter divulgado números específicos, a empresa alega que 600 milhões de usuários usam todos os 13 aplicativos desenvolvidos por eles para iOS e Android. O diretor de produtos da empresa Jon Paris explicou que o fato do Kik ter disponibilizado a automação via bots dois anos antes do Facebook Messenger fez com que decidissem começar por ele. "O Kik foi um parceiro com que pudemos contar desde muito cedo, mas definitivamente estamos de olho em outras plataformas", afirma.

Além dos bots, outra tentativa de atrair a atenção dos usuários para o universo Yahoo veio com o app Monkey Pets, que permite cuidar de um macaco de estimação com os emojis de banana ou maçã com fotografias do Flickr de fundo. Ao clicar na foto, o usuário é direcionado para o banco de imagens.

Para o mensageiro Kik, o sistema de bots com games foi muito bem aceito e tem o dobro de mensagens e usuários em relação a outras categorias de bots. O mensageiro também está trabalhando com redes de fast food para pedidos via app nos EUA. O presidente Josh Jacobs acredita que os bots podem se tornar uma porta ou uma ferramenta de marketing para coisas maiores como outros apps ou sites.

Via Forbes

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.