Yahoo cede e inclui investidores favoráveis à venda na diretoria

Por Redação | 27 de Abril de 2016 às 11h19

Em mais uma mudança que deixa clara a perspectiva de venda do Yahoo, a companhia de internet finalmente cedeu aos pedidos de um de seus principais grupos de investidores e adicionou quatro executivos da Starboard Value ao seu quadro de diretores. Entre eles está o próprio CEO da investidora, Jeff Smith, um dos mais ativos nos pedidos, muitas vezes hostis, para que Marissa Mayer considerasse uma venda.

Com a entrada do grupo, dois membros da diretoria do Yahoo deixam sua gerência. Sem falar sobre pressão, venda ou negociações com outras partes, a empresa de internet disse apenas que a entrada de pessoas novas na gerência vai trazer experiência e perspectiva para este que é um de seus momentos mais importantes.

A adição, também, torna ainda mais provável a venda do Yahoo, que estaria sendo negociada com empresas como a AT&T e a Verizon - esta que, inclusive, já demonstrou publicamente seu interesse pela companhia do Vale do Silício. O grande foco, aqui, seriam os serviços de publicidade, informação e vídeo da empresa, que aumentariam a presença da operadora no mundo digital.

A Starboard Value vem batalhando internamente por um processo de venda desde o início do ano, pois enxerga que essa seria a única alternativa para a permanência do Yahoo no mercado, enquanto a companhia luta contra números bem abaixo do esperado e tentativas de retomada que não geram frutos. O grupo de investidores chegou a escrever uma carta aberta pedindo a substituição completa do quadro de diretores da companhia, incluindo até mesmo a saída de Marissa Mayer.

Para a diretora do Yahoo, a obtenção de um acordo com a Starboard é a “resolução construtiva” de um conflito interno que vinha dificultando as coisas há alguns meses. Em nota, a Starboard disse estar contente de poder trabalhar ao lado da empresa de internet, e que ambas têm o objetivo comum de maximizar o valor dela para os acionistas, sem falar no caminho a ser seguido para alcançar isso.

A novidade, entretanto, parece ter causado um pouco de temor entre os acionistas. As ações do Yahoo devem abrir com uma ligeira baixa nesta quarta-feira (27), com queda de 0,7%. Por outro lado, a perspectiva de venda vem sendo vista com bons olhos pelo mercado.

Fonte: The Wall Street Journal

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.