Yahoo abre o código da sua rede neural que detecta pornografia

Por Redação | 30 de Setembro de 2016 às 17h15

Muita gente não sabe, mas o Yahoo possui uma rede neural treinada especialmente para detectar pornografia na internet. Agora, a empresa resolveu abrir o código dessa tecnologia para quem quiser usá-la.

As redes neurais convolucionais, cujos códigos são inspirados em processos biológicos, têm se mostrado muito eficientes para o reconhecimento de imagens e vídeos. Depois de passar por um treinamento em um banco de dados com tipos específicos de imagens, os algoritmos aprendem a determinar padrões. Para identificar carros, por exemplo, eles reconhecem rodas, mas, neste caso do Yahoo, você pode usar sua imaginação para tentar descobrir quais elementos levam a esse aprendizado pornô.

O resultado é um sistema que pode fazer uma varredura em uma vasta quantidade de imagens e dar a cada uma delas uma pontuação de 0 a 1, identificando o quão imprópria ela é. Isso pode ser útil em muitas situações, e não apenas para censura, uma vez que pode ajudar a deixar conteúdo NSFW de fora de pesquisas em trabalhos com grandes volumes de dados, por exemplo. A rede neural do Yahoo também pode inspecionar seus e-mails e mensagens sem qualquer intervenção humana e avisá-lo se uma imagem é potencialmente imprópria para abrir no trabalho.

NSFW Yahoo

Imagem: Divulgação

No entanto, quem quiser usar a tecnologia open source para fins específicos, precisará treinar seus algoritmos com seu próprio conteúdo pornô, pois, por motivos óbvios, o Yahoo não disponibilizou imagens para tal. A empresa também espera que os desenvolvedores forneçam um feedback sobre o sistema pra que o classificador de conteúdo possa ser melhorado. Um modelo já está disponível para download no GitHub.

Fonte: Yahoo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.